Algumas pessoas irão gastar suas vidas inteiras procurando, enquanto outras vão encontrar, mas algumas vezes vão esquecer que isso é algo que deve ser mantido.“…e se eu pedisse a você para nomear todas as coisas que você ama, quanto tempo demoraria para você nomear você mesmo?”

Eu sou alguém que entende completamente a luta de aprender a amar a si próprio e como a própria luta pode afetar diretamente o seu dia-a-dia. Se você está com falta de amor próprio, grande chance de que esteja se sentindo deprimido, esgotado e talvez a melhor expressão para descrever o sentimento seja: sem nenhum valor.

Se você está incapaz de ver o seu próprio valor, então você deve ter uma baixa autoestima.

A autoestima é definida como a confiança que a pessoa sente no seu próprio valor ou habilidade.

Se você tem baixa autoestima, você provavelmente está se colocando em segundo lugar frequentemente, se sentindo como se o que você tem a dizer simplesmente não é importante, pensando que você nunca vai realizar nada, você não liga sobre a sua saúde – mental e física – porque, qual a necessidade realmente? Você não tem importância de qualquer maneira.

Eu conheço esse sentimento muito bem, e apesar de parecer uma tarefa impossível sair disso e reconhecer o valor incrível e a beleza do seu ser, eu quero assegurar que é possível. Você não está destruído e mais importante, você absolutamente importa.

1 – Aceite os seus pensamentos e sentimentos como eles são
Não julgue a maneira que você está se sentindo ou qualquer pensamento que possa aparecer. Apenas observe seus pensamentos e tente ver o que eles estão dizendo e de onde eles vêm. Uma maneira ótima de observar é começar um diário e expressar a si próprio inteiramente todos os dias. Escreva exatamente como você está se sentindo: Coloque tudo para fora. Pode ser bom se confessar a si mesmo ao invés de alguém com o qual você não se sinta confortável e que faça você se sentir estar sendo julgado.

2 – Não conte com os outros para proporciona-lo com um senso de valor
Esse é um pensamento difícil que muitos de nós caímos facilmente. Buscar aprovação é algo que nós fazemos o tempo todo, mas alguns mais que outros. Você está constantemente procurando por apreciação, validação e elogios dos seus amigos, família e parceiro? Você desiste de algo sobre si mesmo para tentar ganhar a aprovação dos outros? Quando chega a esse ponto, nenhuma posição, rótulo ou relacionamento pode nos dar valor. Mesmo que nos sintamos valorizados no momento, lembre-se, esses são fatores externos, o que significa que eles são fugazes e podem ser retirados de nós – e aí o que? Nós somos deixados com o mesmo sentimento de falta de valor. Tenha certeza que você não está se negligenciando em um relacionamento e salve tempo para fazer as coisas que você gosta e que te fazem feliz.

3 – Abandone o passado e se perdoe
“Não se julgue pelo passado, você não vive mais lá.”

Você tem que aprender a se perdoar por seus erros, culpas, vergonhas, arrependimentos, sabotagem, etc. do passado. O passado é o passado, não pode ser mudado, mas a sua perspectiva sobre ele pode. Seu passado foi o que te trouxe aonde você está agora: pronto para fazer uma enorme mudança na sua vida para a melhor e para a melhor versão de si mesmo ao invés de remoendo como as coisas poderiam ter sido, ou o que você poderia ter feito. Aceito o que é e seja grato pela oportunidade incrível de aprendizado que lhe foi dada.

4 – Pare com as falas negativas e mude sua perspectiva
“Se você perceber quão poderoso são seus pensamentos, você nunca mais pensaria outro pensamento negativo.”

Muitas pessoas são culpadas disso em algum grau, mas definitivamente algumas são mais que as outras. Você acha que você gasta mais tempo criticando a si mesmo ou elogiando a si mesmo? Quanto mais coisas negativas você fala sobre si mesmo, mais você vai acreditar e mesmo manifestar essas coisas. Se você está sempre se chamando de estupido, sem valor, feio, fraco, então é exatamente assim que você vai se sentir. Pode ser algo que acontece com tanta regularidade que você nem nota o quanto você faz isso. “Porque se importar se eu nunca vou conseguir fazer aquilo”, “porque eu disse isso, pareço um idiota”, “essas pessoas provavelmente me acham um esquisito” – todos esses exemplos de pensamentos que podem aparecer na sua cabeça tão frequentemente que você pode nem notar o quanto você pensa nelas.

Quando você se pegar resmungando algo negativo sobre si mesmo, pare esse pensamento e ria da situação que o fez pensar daquela maneira em primeiro lugar. A mudança de perspectiva vai fazer a situação parecer bem menos terrível. Note os pensamentos que você está tendo e tente vê-los da perspectiva do observador. Pergunte a si mesmo porque você está pensando nisso e se você consegue vê-lo em uma luz mais positiva. Ao acordar de manhã e se olhar no espelho, sorria e diga algo positivo. Você pode achar difícil no início, até bobo, mas quanto mais você fizer, mas natural vai se tornar, pois você vai começar a acreditar.

5 – Descubra o que o faz sentir vivo e faça isso
Seja algo que você seja realmente bom em fazer ou gosta muito de fazer. Algo que o faça sentir vivo e traga alegria e propósito na sua vida. Faça mais disso. Essa é uma maneira certeira de reconhecer o seu valor e uma ótima maneira de gastar seu tempo fazendo algo que você absolutamente ama.

Lembre-se, você não é os seus problemas, suas histórias ou qualquer outra coisa que você usa para se identificar. Você não está quebrado. Você é uma pessoa que está lá, abaixo disso tudo. Você é lindo, divino e digno de existir, totalmente merecedor de tudo que a vida tem a oferecer.