Como um profissional de Recursos Humanos, você tem a missão de atrair o talento certo, guiar as pessoas e fazer com que elas cresçam dentro dos seus papeis. E você precisa fazer isso de um modo que o seu negócio se beneficie disso. O problema é que você enfrenta uma competição árdua com outras companhias, que também estão em busca de recrutar os melhores talentos, seja a partir do mercado ou internamente dentro da sua companhia.

Então, como encontrar e reter os melhores talentos, ajudá-los a serem bem-sucedidos em suas funções e manter a sua empresa sempre prosperando?

Recrutando da maneira correta

De acordo com uma pesquisa realizada pelo LinkedIn em 2015 com profissionais de RH, os três grandes obstáculos para atrair grandes talentos são:

Encontrar candidatos em áreas com altas demandas
Chegar a um acordo nos valores
Enfrentar a competição dos concorrentes
Se você quer transpor esses três obstáculos, saber como atrair os talentos certos é um processo que se inicia antes mesmo de você conduzir a primeira entrevista ou mesmo dar o primeiro telefonema. Tudo começa na hora de comunicar ao mercado o que exatamente a sua companhia quer e o que ela oferece para os empregados mais talentosos.

“Cada vez mais as pessoas estão menos propensas a procurar simplesmente os maiores valores financeiros. Elas também estão em busca de outras coisas”, explica Jon Ingham, consutor estratégico de RH e autor do livro “Strategic Human Capital Management”. “A proposta como um todo deve ser compensadora para o candidato”, completa.

Estamos falando de entender como as pessoas trabalham melhor. Dessa forma, fatores como flexibilidade no trabalho, desenvolvimento profissional ou um ambiente de trabalho positivo podem ser fatores altamente influenciáveis no processo de decisão do candidato.

Competindo por talentos

Muitos gerentes e diretores de RH se preocupam com a competição com outras companhias na busca pelos principais talentos e se perguntam de que maneira contratar alguém sem gastar o dinheiro que não têm.

Então, o que você deveria fazer?

“Tente não competir”, aconselha Ingham. “Primeiramente, isso é muito caro e, em segundo lugar, essa estratégia não vai ajudá-lo a reter as pessoas”.

“Se as pessoas só querem se juntar a você porque você ofereceu um salário mais alto do que o seu concorrente, é sinal que elas não vão ficar por muito tempo. Eventualmente alguém vai oferecer a elas um salário mais alto”.

Se você está preocupado sobre o que os competidores estão oferecendo, então você está ficando um pouco mais longe de ter melhores chances de atrair grandes talentos. É um sinal também de que você e o seu negócio não estão comunicando claramente que se trata de uma oportunidade atrativa.

“Uma proposta inovadora pode ser parte de uma maneira de mostrar a um candidato que o seu negócio pensa as coisas de um jeito diferente”, diz Ingham. “Se você fizer isso de uma maneira inteligente, com muita frequência o tipo de pessoa que você deseja atrair será diferente do tipo de pessoas que os seus concorrentes desejam”.

Recebendo seus novos funcionários

Seu trabalho não chega ao fim quando um candidato talentoso finalmente assina um contrato. Para justificar o seu investimento de tempo e recursos, é essencial que o novo funcionário esteja comprometido com o seu negócio. Como um empregador, isso requer uma aproximação proativa.

Jon recomenda que os gerentes e diretores de RH que queiram aumentar os índices de retenção priorizem a possibilidade do novo funcionário criar um bom relacionamento com os seus colegas de trabalho.

“Uma das coisas que muitos profissionais de RH se esquecem é o fato de que uma organização é baseada no sentimento de equipe”, afirma.

“Se você pode ajudar as pessoas a construir essas relações, primeiramente isso pode ajudá-las a apresentar um desempenho mais eficaz. Em segundo lugar, você vai acabar aumentando diretamente a retenção de funcionários, uma vez que estará criando uma rede social dentro do ambiente de trabalho”.

Uma vez que as pessoas se sintam bem-vindas no seu ambiente de trabalho, como se fossem parte de um time, elas ficam menos propensas a sair por conta de conflitos ou por conta do estilo de trabalho dos gerentes e dos diretores.

“As pessoas se juntam às organizações, mas elas deixam pessoas”, diz Jon. “Não se trata apenas de gerenciar relacionamentos, mas sim relacionamentos com muitas pessoas dentro do negócio”.

Transformando novatos em estrelas de desempenho

Empresas que oferecem oportunidades para desenvolvimento profissional vão naturalmente atrair empregados talentosos, assim como profissionais de RH que vão além do óbvio para contratar pessoas para as vagas abertas.

Dessa forma, como você pode ajudar os novos talentos a se tornarem pessoas bem-sucedidas e contribuírem para o seu empreendimento? “Muitas companhias inteligentes estão redefinindo a maneira de contratar. Em outras palavras, trata-se de contratar alguém que tenha maior probabilidade de desempenhar muito bem o seu papel”, diz Ingham.

Você pode ajudar os novos talentos no seu trabalho proporcionando a eles uma avaliação 360 graus, programas de desenvolvimento gradual, cursos e eventualmente projetos em parcerias com outras companhias, tudo isso visando a melhoria contínua.

Não se trata apenas de chegar no primeiro dia de trabalho do funcionário e dar a ele um manual de instruções sobre como funciona a empresa. Empregados talentosos precisam de coaching e mentoria pelos primeiros seis meses”, completa Jon.

Os segredos do sucesso

Você não precisa ter superpoderes para ser bem-sucedido como profissional de RH ou administrador. Comece comunicando claramente as vagas que a sua companhia oferece ao mercado e como você se diferencia dos seus concorrentes. Isso vai ajudar você a evitar a competição direta com outras companhias e vai reduzir os custos do processo seletivo de recrutar novos talentos.

Uma vez que o contrato esteja assinado, o verdadeiro trabalho de receber o novo talento em sua companhia começa. Então, cabe a você, como um profissional inteligente, assegurar que os novos funcionários se sintam bem e valorizados, assim como que eles possam ter todo o suporte que precisam nas primeiras semanas ou meses de trabalho. O segredo do seu sucesso está nas mãos das melhores pessoas da sua empresa.