Salve o Corinthians…que se manteve na liderança isolada do Campeonato Brasileiro ao vencer o clássico com o São Paulo, por 3 a 2, dentro da Arena Itaquera, neste domingo, quando sete jogos foram realizados pela sexta rodada. O Timão tem 16 pontos (em 18 disputados) sendo o único invito.

Romero marca o gol e festeja junto à torcida do Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr – Agencia Corinthians

Está seguido pelo Coritiba com 13 e pelo Grêmio com 12 pontos. A nova derrota do São Paulo dentro do Itaquerão o deixou com nove pontos, em nono lugar.

COXA PERTO
Com campanha inicial surpreendente aparece o Coritiba, que empatou com o Botafogo, por 2 a 2, no Engenhão. Fez dois gols de pênaltis legítimos e chorados pelos cariocas, que têm oito pontos, em 12.º lugar.

A Ponte Preta mostrou força ao vencer a Chapecoense, por 3 a 2, em Campinas, e chegar aos 10 pontos. A Macaca é sexta colocada e mostrou que a derrota para o Atlético-GO, por 3 a 0, foi fruto de uma noite infeliz.

Renato Cajá marcou o primeiro gol da Ponte Preta na vitória sobre a Chapecoense. Foto: Fábio Leoni – PontePress

O time catarinense também tem 10 pontos, porém, fica em quinto lugar pelo número de gols marcados: 11 a 10. Mas a Chape ascendeu o sinal de alerta, porque sofreu sua segunda derrota seguida. Na rodada anterior apanhou feio em casa: 6 a 3 para o Grêmio.

RAPOSA REABILITADA
Outro time reabilitado é o Cruzeiro, que vinha de duas derrotas e conseguiu bater o Atlético-GO, por 2 a 0, no Mineirão. A raposa tem 10 pontos, em sétimo. O time goiano continua na zona de rebaixamento, em 19.º lugar, com três pontos.

Mas o Atlético Mineiro continua irregular e perdeu para o Vitória, por 2 a 0, em Salvador (BA). O Galo tem apenas seis pontos, em 16.º lugar, beirando a zona de rebaixamento, onde está o Vitória, com quatro pontos, em 18. Lugar.

Vitória venceu o Atlético-MG por 2 a 0. Primeira vitória do técnico Alexandre Gallo

MENGÃO EM BAIXA
Quem atravessa uma crise é o Flamengo, que não vence há quatro jogos e escapou de derrota para o Avaí. O empate por 1 a 1 só foi confirmado porque a arbitragem marcou um pênalti e depois voltou atrás para o time catarinense. Um lance polêmico.
O time carioca só tem sete pontos, em 15.º lugar, enquanto o Avaí, que vai brigar para não voltar à Série B tem cinco pontos, em 17.º, abrindo a zona de rebaixamento.

FURACÃO NA LANTERNA
Na Arena da Baixada, o Atlético-PR perdeu para o Santos, por 2 a 0, mesmo com Elano, de novo, como técnico interino.

Segunda vitória em dois jogos dele, que agora vai ser auxiliar técnico de Levir Culpi, escolhido para substituir Dorival Junior. Em alta, o Peixe tem nove pontos, em décimo lugar, enquanto o Furacão segura a lanterna com dois pontos.

ÚLTIMO JOGO
A rodada vai ser fechada nesta segunda-feira com o duelo entre Grêmio, com 12 pontos, e Bahia, com nove, dentro da Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).