Tem início no próximo domingo, dia 25, a tradicional encenação da ‘Paixão de Cristo’ em Nova Odessa, realizada este ano em seis dias, com capítulos interpretados por fiéis das igrejas Católica, Batista, Quadrangular e Adventista, além de um trecho ser representado no Teatro Municipal Divair Moreira e o encerramento ocorrer em caminhada pública pela área central, com término na Praça dos Três Poderes.“Queremos unir os cristãos de Nova Odessa em torno da encenação da Paixão de Cristo”, ressalta o diretor de Cultura, Cícero Edno. Além das igrejas, estão convidados a participar os clubes de serviço e entidades assistenciais.

Após reuniões com dirigentes das diferentes denominações religiosas envolvidas, foi definido que cada uma encenará um trecho com elenco e roteiro próprios. Entretanto, seguindo a sequência de acontecimentos da Bíblia Sagrada. “É também uma forma de descentralizar a encenação bíblica, contemplando outros bairros. E todos poderão participar da caminhada da cruz”, acrescenta Edno.

A programação inicia neste domingo, dia 25, no Teatro Municipal, com o trecho de Batismo e Tentações. Na segunda, dia 26, a Igreja Santa Josefina Bakhita terá as partes de Jesus no Templo, Milagres e Curas, Escolha dos Apóstolos e Bem Aventuranças, Multiplicação dos Pães e dos Peixes e a Mulher Adúltera. Na terça, dia 27, a Adventista encena Salomé, a Morte de João Batista e a Purificação do Templo.

A quarta-feira, dia 28, tem a Igreja Batista Central apresentando a Entrada Messiânica em Jerusalém, a Última Ceia e Discurso de Despedida, Jesus Lava os Pés aos Discípulos e a Prisão de Cristo. Na quinta, dia 29, a Igreja Quadrangular traz os trechos de Jesus Levado a Anás, Jesus no Tribunal Romano: Pilatos, Jesus Perante Herodes e Jesus e Barrabás. Por fim, na sexta, dia 30, tem o Caminho de Calvário pela Avenida João Pessoa e a Crucificação ocorrendo na Praça dos Três Poderes.

“A parte final da encenação ocorrerá em forma de caminhada por ruas da área central e terminando em frente da Prefeitura, onde tradicionalmente ocorria a encenação da peça única”, descreve Cícero Edno. “No trajeto do Calvário (de Jesus Cristo) haverá a possibilidade de interação das pessoas, que estarão assistindo, com os atores. Assim proporcionamos um espetáculo dinâmico, não estático”, completa.

Fiel da Igreja do Evangelho Quadrangular, Sílvia Bertolassi Cavalheiro conta que os preparativos estão ocorrendo conforme o previsto. “Estamos fazendo ensaios durante e nos finais de semana também”, conta. “É uma peça que envolve crianças, adolescentes e adultos”, destaca. Além da encenação teatral, haverá coreografias musicais e o auxílio de um telão que vai projetar cenários de fundo.

“É um sistema moderno e que vai deixar ainda mais fiel a encenação”, reforça Sílvia Bertolassi. Ela vai interpretar a personagem da mulher samaritana na passagem encenada na Igreja Quadrangular e revela a intenção de assistir a outros trechos. “Pretendo acompanhar também outros capítulos da Paixão de Cristo, em outras igrejas além da que eu frequento”, completa.