A General Motors anunciou nesta sexta-feira (2) o investimento de R$ 1,9 bilhão na fábrica de motores de Joinville (SC). Os recursos serão investidos na ampliação da unidade de produção, que irá quadruplicar de tamanho, com a capacidade produtiva saltando de 120 mil para 420 mil propulsores/ano.

Da esquerda para direita: Kennedy Nunes, Deputado Estadual; Udo Dohler, prefeito de Joinville; Raimundo Colombo, governador do Estado de Santa Catarina; Marcos Munhoz, vice-presidente da General Motors Mercosul; Marcos Jorge de Lima, Ministro da Industria, Comercio Exterior e Serviços; Darci de Matos, Deputado Estadual; Renato Lacerda, Secretário do Estado da Fazenda de Santa Catarina e Alaor Araújo, diretor de Manufatura da General Motors Mercosul (Foto: Divulgação)

As novas instalações, de 46.800 m², vão abrigar duas linhas de usinagem de blocos, duas de cabeçotes, uma linha de sub-montagem de cabeçotes e uma linha de montagem de motores. O montante investido na ampliação da fábrica faz parte de um plano de R$ 13 bilhões que a General Motors pretende aplicar no País entre 2014 e 2020.

Atualmente, a fábrica catarinense é responsável pela produção dos motores 1.0 e 1.4 SPE/4, utilizados nos modelos Chevrolet Onix e Prisma. Mas de acordo com reportagem publicada pelo UOL Carros, o investimento na fábrica deverá vir acompanhado do lançamento de uma nova linha de motores de três cilindros.