O Museu de Arte Contemporânea de Campinas (MACC) recebe a mostra coletiva “Las Meninas”, com obras de 11 alunas formadas no Instituto de Artes da Unicamp.

Obra de Amanda Moa

Com curadoria do professor Sergio Niculitcheff, a exposição reúne as artistas Amanda Moa, Caroline Gaspar, Diana Lanças, Érica Burini, Isabelle Ferrão, Júlia Stradiotto, Lilian Walker, Ludmila Porto, Maysa Signoli, Melissa Gouveia e Paula Chimanovitch. “Esta exposição busca ainda enfatizar que o Museu é um componente de lugar público para o uso e usufruto da comunidade, também no sentido de abrigar e difundir a pesquisa e produção cultural e artística realizada na universidade”, destaca o curador.

As obras contemplam uma ampla gama de estilos artísticos, e também foram feitas com uma variedade de procedimentos, como desenho, pintura, escultura, fotografia, recorte, colagem, costura, entre outros.

Obra de Amanda Moa

“O grupo se apresenta bastante heterogêneo e diversificado”, afirma Niculitcheff. “Entretanto, podem ser levantados alguns pontos em comum fazendo algumas relações por afinidades de procedimentos. Com exceção das obras de Ludmila Porto e Diana Lanças, a figura humana é uma recorrência em todo o coletivo; apesar de a seu modo e de maneira mais indireta e dissimulada Lilian Walker também recorre à figura”, analisa.

Obra de Erika Burini

Para ele, “a expressividade é mais visível em Maysa Signoli e Paula Chimanovitch, e até mesmo, de uma forma não tão exacerbada, em Isabelle Ferrão. O traço e o desenho aparecem com força e elegância com Amanda Moa e Caroline Gaspar. A construção e geometria podem ser vistas nas obras de Diana Lanças e Ludmila Porto. O espaço em uma abordagem que se aproxima da pintura metafísica está presente em Diana Lanças e, de certa forma, em Erica Burini. Delicadeza permeia as obras de Julia Stradiotto e Melissa Gouveia”, conclui.