Visando qualificar o atendimento ao público e facilitar o trabalho dos colaboradores municipais, a Secretaria de Obras de Sumaré implantou um novo sistema que permitirá consultas rápidas sobre a situação cadastral de imóveis. Antes, para verificar se um imóvel possui “Habite-se”, por exemplo, era necessária uma espera de meses, devido a várias informações a serem levantadas, muitas delas desatualizadas e nem sempre encontradas em um mesmo arquivo. Agora, o novo banco de dados permite que a busca seja realizada em apenas 10 minutos.

O trabalho começou com a organização e atualização das fichas dos imóveis existentes no município, realizado pelo Setor Técnico da Secretaria de Obras, sob a gerência do funcionário de carreira Luciano Ricatto.

[metaslider id=270]

“Existem documentos desde o ano de 1946, que se encontravam todos misturados, fora de uma ordem cronológica, prejudicando bastante o trabalho dos colaboradores. Agora, já organizamos todas essas fichas por sequência, atualizamos e estamos realizando o cadastro no sistema, que também foi inteiramente desenvolvido por técnicos da nossa secretaria”, explicou o secretário de Obras, Eder Ruzza.

São 36 bairros já cadastrados virtualmente, de um total de mais de 200 existentes na cidade. O sistema vai permitir a consulta de um imóvel por nome de rua, número de protocolo e outros critérios.

“Antes, tanto outros setores da Prefeitura, bem como demais interessados em obter informações de imóveis, iam até a Secretaria de Obras e eram obrigados a esperar por meses para consultar um Habite-Se ou outro dado cadastral. Com essa inovação tecnológica – e de propriedade intelectual do Município, sem qualquer custo aos cofres públicos –, vamos conseguir realizar as buscas em até dez minutos, liberando os funcionários para outras atividades e agilizando o atendimento ao público. Agradecemos a todos os colaboradores pela dedicação e empenho neste trabalho de modernização da administração pública”, comentou o prefeito Luiz Dalben.