A EMTU (Empresa Metropolitana de Transporte Urbano) inicia na segunda-feira, dia 14, as obras do viaduto que será construído na Avenida Ampélio Gazzetta e será o novo acesso para a Rodovia Astrônomo Jean Nicolini. Inicialmente, será alterado o tráfego num trecho da Rodovia Astrônomo Jean Nicolini no sentido Americana/Nova Odessa. “Estamos em contato diário com as equipes da EMTU e do Consórcio Construtor Biléo Soares para realizar as obras, analisando as intervenções necessárias e ações que causem o menor impacto aos motoristas que diariamente passam por esta via”, explicou o secretário de Obras, Projetos e Planejamento Urbano da Prefeitura, Tiago Lobo. “Neste primeiro momento, será feita alteração do trânsito apenas em um sentido”, continuou.

De acordo com o secretário, os motoristas que seguirem de Americana para Nova Odessa acessarão um desvio na altura do Construcenter Materiais para Construção, próximo ao pedágio desativado. “Já no sentido de Nova Odessa para Americana não teremos alterações neste momento”, disse.

Tiago afirmou na segunda-feira será iniciado o estaqueamento do novo viaduto. Esta etapa deve ser concluída em aproximadamente 30 dias. “No início de junho está prevista a segunda etapa, com a construção das alças do anexo viário”, explicou. Segundo ele, nesta etapa novos desvios serão feitos. “Todos os trechos serão devidamente sinalizados”, garantiu.

RELEMBRE O CASO – O lançamento das obras do novo viaduto na Rodovia Astrônomo Jean Nicolini foi anunciado em abril. Na ocasião, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, deputado estadual Cauê Macris, afirmou que intermediou junto ao governo do Estado a obra, a pedido do prefeito Bill. “Fizemos um excelente entendimento com a EMTU que entendeu a necessidade do novo viaduto na região”, disse.

Com o novo viaduto, não será mais preciso utilizar o acesso existente na Avenida Ampélio Gazzetta para chegar à Rodovia Astrônomo Jean Nicolini. O viário terá 76 metros de comprimento, vão livre de 30 metros e duas faixas de rolamento. O investimento é de cerca de R$ 2,4 milhões e a previsão da EMTU é que as obras sejam concluídas no final do segundo semestre deste ano.