Com dois gols de Raphael Luz e uma noite de garçom do atacante Bruno Lopes, o Oeste garantiu o acesso à elite do Campeonato Paulista da Série A2 na noite desta terça-feira ao vencer o São Bernardo, por 3 a 2, no Estádio Primeiro de Maio, pela semifinal.

O Rubrão entrou em campo nesta terça com a vantagem do empate depois de ter vencido em Barueri por 2 a 1, enquanto o São Bernardo precisava vencer por pelo menos dois gols de vantagem para subir sem a necessidade dos pênaltis.

AGORA A FINAL
Garantido na elite em 2019, o Oeste agora aguarda o adversário da final, em jogo único, que vai sair nesta quarta-feira do confronto entre Guarani e XV de Piracicaba, no Brinco de Ouro da Princesa. Em Piracicaba, os times empataram sem gols. O campeão garantirá uma vaga na Copa do Brasil.

Mesmo debaixo de muita chuva, um bom publico foi ao estádio para restigiar este jogo decisivo. Graças ao projeto FUTEBOL SUSTENTÁVEL, criado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) e executado por E & L Marketing. Mais de quatro mil pessoas foram ao Primeiro de Maio, na sua maioria da torcida da casa.

Jogadores do Oeste comemoram o acesso à elite com os torcedores em São Bernardo do Campo

PRIMEIRO TEMPO
O São Bernardo por muito pouco não abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo, mas depois do susto o Oeste conseguiu equilibrar o confronto. Mais competente, o Rubrão não desperdiçou a sua primeira oportunidade e ficou ainda mais perto do acesso à elite aos 14 minutos.

William Cordeiro passou para Bruno Lopes, que ganhou na velocidade da zaga e tocou para dentro da área na saída do goleiro. Com o gol aberto, Raphael Luz apenas completou. O nervosismo tomou conta dos jogadores e da torcida do São Bernardo, que esboçava as primeiras vaias.

Aos 37 minutos, Ageu soltou a bomba de fora da área e exigiu grande defesa de William Menezes. O empate do Bernô quase veio no finalzinho. William Lira subiu sozinho e cabeceou pela linha de fundo, desperdiçando uma grande oportunidade.

Torcida foi apoiar o Tigre, mas o oeste de novo foi superior e mereceu a vitória e o acesso à elite paulista

SEGUNDO TEMPO
O técnico Wilson Júnior fez duas alterações no intervalo para deixar o São Bernardo mais ofensivo, mas quem marcou foi o Oeste, logo aos seis minutos. Bruno Lopes recebeu lançamento de William Cordeiro e só cruzou para Raphael Luz completar. O gol foi bem parecido com o primeiro.

O Bernô diminuiu aos 15 minutos. Alvinho recebeu passe dentro da área, ajeitou o corpo e bateu tirando do alcance de William Menezes. Precisando de dois gols para levar a decisão para os pênaltis, o time da casa se lançou ao ataque.

Aos 32 minutos, Francismar cobrou falta para dentro da área, a bola desviou no meio do caminho e parou em William Menezes. O balde de água fria veio aos 35. No contra-ataque, Bruno Lopes cruzou e Pedrinho acertou um bonito chute de primeira.

O São Bernardo ainda fez o segundo aos 48 minutos com Rodrigo Celeste, de cabeça, mas era tarde para reação. E quase que o Oeste ainda marca o quarto. William Bonilha bateu por cobertura e a bola explodiu no travessão.