O São Paulo sentiu a ausência de peças importantes nesta terça-feira e, no empate sem gols com o Internacional no Morumbi, teve uma atuação bem diferente do que mostrava até poucos dias, enquanto estava invicto no Campeonato Brasileiro. Sem Nenê, seu principal cérebro na articulação das jogadas ofensivas, suspenso, o time de Diego Aguirre teve muitas dificuldades para chegar à área colorada.

Além disso, errou muito nos passes, na marcação e nas saídas de bola. O torcedor se irritou rapidamente. Vaiou o goleiro Sidão e mostrava impaciência a cada bola recuada. Ao fim da partida, muitos protestos dos quase 15 mil presentes no Morumbi.

Longe de exibir um futebol vistoso no Morumbi, o Inter apostou na retranca e anulou o esquema tricolor. As apostas nos contra-ataques eram constantes, ainda que faltasse capricho nos passes. No segundo tempo, pressionou os mandantes e teve chances reais, mas desperdiçou.

SONOLENTO
Num primeiro tempo de jogo truncado e cheio de passes errados para os dois lados, apenas Reinaldo e Liziero tiveram boas chances de gol para o São Paulo. Ambos de fora da área.Aos sete minutos, Lucas Fernandes, um dos poucos destaques da primeira etapa, deu uma caneta em Iago e passou para o volante, que chutou de fora da área, mas nas mãos de Danilo. A oportunidade do lateral veio após sobra de escanteio. Reinaldo chutou uma bomba que iria no ângulo, mas o goleiro pulou rápido para pegar.

O Inter só viu chance de gol na falha de Sidão. Após cruzamento de Lucca pela esquerda, aos 36, o goleiro são-paulino espalmou para o meio da área, irritando a torcida tricolor. Para a sorte dele, não tinha ninguém do Inter por ali.

MAIS MOVIMENTADO
A segundo etapa começou mais agitada. Após cruzamento de reinaldo, Lucas Fernandes tentou de primeira, mas Danilo salvou. Em resposta, Pottker aproveitou bobeira de Anderson Martins em dividida e ficou cara a cara com Sidão. O goleiro rebateu e, de bicicleta, Leandro Damião mandou a bola para fora.

O Inter crescia no jogo. Aproveitava as falhas do São Paulo no meio-campo e, aos poucos, ganhava confiança e achava espaços para se aproximar do gol tricolor. Mas não deu tempo. Com o empate, os mandantes vão a 17 pontos na tabela do Brasileirão depois de dez jogos, e o Inter chega a 16.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, este sábado, o São Paulo visita o Atlético-PR na Arena da Baixada. No dia seguinte, o Inter encara o Santos, também como visitante, na Vila Belmiro.

SÉRIE B: Guarani e Ponte Preta vencem de virada e encurtam distância para o G4
Equipe alviverde bateu o CSA, no Rei Pelé, enquanto o time alvinegro derrotou, no Majestoso, o Goiás

A nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série B não poderia ter sido melhor para a dupla campineira. Guarani e Ponte Preta venceram de virada e encurtaram a distância para o G4. A equipe alviverde bateu o CSA, no Rei Pelé, enquanto o time alvinegro derrotou, no Majestoso, o Goiás.

ALELUIA ! GUARANI VENCE FORA
O Bugre subiu para a oitava colocação com 13 pontos, enquanto a Macaca aparece no 13º lugar com 11. O grupo de acesso ao Brasileirão não aparece muito distante, afinal, o Avaí não saiu de um empate por 1 a 1 com o Sampaio Corrêa e se manteve em quarto com 15 pontos, o mesmo do Paysandu, que foi goleado pelo Criciúma por 4 a 1 e é quinto.O Tigre Carvoeiro chegou ao segundo triunfo consecutivo e vê a saída do Z4 cada vez mais perto. Em 17º com sete pontos, contou com o empate dos dois primeiros fora da zona de rebaixamento para aumentar as esperanças: Oeste e Brasil de Pelotas não saíram do 0 a 0. Agora, o Rubrão é 16º com dez pontos, uma posição atrás do Xavante, que tem 11.

JUVE EMPATA EM CASA
Quem também tem 11 pontos é o Juventude, 14º. A equipe de Caxias do Sul perdia do Atlético Goianiense até os acréscimos do segundo tempo, quando chegou aos 2 a 2 com Rafael Bonfim, de cabeça. O Dragão é décimo com 12 pontos, o mesmo do Londrina, que, por causa do saldo de gols, vêm uma posição atrás.

O LEC foi à cidade de Florianópolis e empatou em um gol com o Figueirense. O Furacão, que soma duas derrotas e uma igualdade nas últimas três partidas como mandante, é sexto com 14 pontos.

COXA VENCE OUTRA
O único integrante do G4 a vencer foi o Coritiba. O Coxa recebeu o CRB e, com gol de Yan Sasse, aos 17 minutos do primeiro tempo, de cabeça, chegou aos 17 pontos, seis atrás do líder Fortaleza.

O Leão não conseguiu furar a defesa do Vila Nova, o que fez com que o placar não se movimentasse.

Assim como a equipe tricolor cearense, outro invicto na competição é o São Bento. O time do Interior de São Paulo visitou o Boa Esporte, saiu perdendo, virou, mas tomou o gol de igualdade nos minutos finais. Enquanto o time nordestino tem 23 pontos, o Bentão tem 13, já que venceu apenas duas e empatou sete.

Confira TODOS os resultados dos jogos deste TERÇA-FEIRA!

BRASILEIRO SÉRIE A
São Paulo 0 x 0 Internacional
BRASILEIRO SÉRIE B
Juventude 2 x 2 Atlético-GO
Figueirense 1 x 1 Londrina
Criciúma 4 x 1 Paysandu
Coritiba 1 x 0 CRB
Boa Esporte-MG 2 x 2 São Bento
CSA 1 x 2 Guarani
Sampaio Corrêa 1 x 1 Avaí
Ponte Preta 2 x 1 Goiás
Oeste 0 x 0 Brasil-RS
Vila Nova-GO 0 x 0 Fortaleza

TOCANTINENSE
Gurupi-TO 4 x 0 Palmas-TO
Interporto-TO 3 x 1 Sparta-TO
Araguaína-TO 3 x 0 Paraíso

Amistoso Internacional
Rússia 1 x 1 Turquia