A secretária de Finanças de Sumaré, Monis Márcia Soares, junto do economista municipal Willian Barreto e do contador municipal Fábio França, apresentou na tarde desta sexta-feira, dia 13, em audiência pública, a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2019. A lei contém as metas e prioridades da administração pública para o próximo ano, orientando a elaboração da LOA (Lei Orçamentária Anual).

O evento aconteceu na Câmara Municipal de Sumaré e contou também com a participação do secretário de Obras, Eder Ruzza, representando o prefeito Luiz Dalben. Durante a apresentação, a secretária Monis Soares informou que o detalhamento da LDO estava sendo protocolada na Casa de Leis, em respeito e cumprimento ao princípio da transparência.

“É desejo do prefeito Luiz Dalben manter uma relação republicana e respeitosa com o Legislativo municipal, fornecendo sempre informações claras e detalhadas, bem como receber dos nobres edis sugestões, críticas e observações. É a partir dessa harmonia entre os Poderes e da participação popular que Sumaré alcançará desenvolvimento econômico e social”, comentou.

A LDO teve seu conteúdo bastante elogiado pelos vereadores Dirceu Dalben e Joel Cardoso da Luz, presidente da Casa. O vereador Dirceu Dalben ressaltou a responsabilidade que se verifica na gestão financeira planejada pelo governo Luiz Dalben, “uma administração que pagou mais de 80 milhões de restos a pagar da administração anterior, alcançou CND – Certidão Negativa de Débitos, realizou obras e intervenções fundamentais em toda a cidade e fechou 2017 com superávit de cerca de 30 milhões”, lembrou. Já o presidente Joel Cardoso da Luz destacou a qualidade da apresentação e o fato de a LDO ter claramente “pés no chão”.

Também acompanharam a audiência os parlamentares Helio Pereira da Silva, João Maioral, Rudinei Lobo, Ney do Gás, Valdir de Oliveira, Professor Edinho, Rubens Champam e Ronaldo Mendes.