Guarda Municipal de Sumaré realiza palestra sobre perigos do uso de cerol

A atividade faz parte das ações da Secretaria de Segurança de intensificação do combate ao uso e fabricação do material.

A Guarda Municipal de Sumaré promove na próxima quinta-feira, dia 13, a palestra ‘Os Perigos do Cerol’ para os integrantes do SFCV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos) Ângelo Tomazin, região do Maria Antônia.

A Guarda Municipal reforçou o patrulhamento para orientar a população, principalmente as crianças, sobre os riscos da utilização do material, uma mistura cortante que, aplicada às linhas das pipas e papagaios, tem a finalidade de cortar a linha dos brinquedos de outras pessoas. Além disso, ao se deparar com crianças usando esse material, a corporação faz o recolhimento do produto e encaminha a criança aos pais, alertando sobre o perigo e leis que proíbem a atividade. Em situações com vítima, o responsável será levado ao Distrito Policial e responde a processo por lesão corporal culposa.

O uso ou venda de cerol é proibido no Município desde 1998, de acordo com a lei Municipal nº 3224/1998, que também prevê multa para os responsáveis adultos pelo comércio ou uso do cerol, mas há quem insista em utilizar o produto. A Guarda Muncipal ressalta o perigo em utilizá-lo, pois além do risco de ferir o próprio corpo há ameaças de machucar os indivíduos que estão ao redor. Os maiores riscos são os cortes causados pelas linhas. Os motociclistas e ciclistas são as principais vítimas, e o pescoço é a parte mais atingida, principalmente devido a falta de proteção.

Além disso, há o risco às redes de distribuição de energia. De janeiro de 2017 a maio de 2018, a CPFL Energia registrou oito acidentes causados por pipas em toda sua área de concessão, dos quais seis foram graves ou fatais. Entre 2015 e 2017, as pipas foram responsáveis por 13,142 mil interrupções no fornecimento de energia na área de concessão da CPFL Paulista, que atende a 234 municípios do interior paulista.

“Nossa Guarda intensificou a orientação e prevenção contra o uso do cerol, um material extremamente perigoso, mas muito utilizado pelos adeptos da brincadeira de soltar pipa, principalmente as crianças. É importante alertar sobre o perigo do uso do cerol, mas vemos nos pais a maior fonte de prevenção. O alerta deve começar em casa, evitando que os jovens vão para as ruas portando objetos perigosos e colocando em risco quem está por perto”, disse o prefeito Luiz Dalben.

Fonte
A de I/Sumaré.
Mostre mais

Ronaldo dos Reis

Jornalista MTB 22991, assessor de imprensa na Acisb (Associação Comercial e Industrial de Santa Bárbara d´Oeste), radialista apresentador do Programa Ronaldo dos Reis & Você, na Rádio Luzes da Ribalta AM 1360, apresentador do Programa de TV Ronaldo dos Reis & Você no Portal www.sb24horas.com.br, Pastor e tecnólogo em Tecnologia e Marketing.

Artigos relacionados

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios