CidadesDestaqueNotícias

Mais de 300 árvores são plantadas na FCA/Unicamp em Limeira

As espécies escolhidas são de grande porte, como Jatobá e Sapucaia, o que proporcionará grandes benefícios ambientais.

O campus da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) da Unicamp recebeu plantio de 329 árvores. A iniciativa teve apoio da Secretaria de Meio Ambiente de Limeira, que além de desenvolver o projeto realizou a doação das mudas. Cerca de 200 pessoas participaram da atividade, entre professores, funcionários, alunos, ex-alunos e representantes de instituições. Também estiveram presentes alunos da Ceief Governador Mario Covas e da Faculdade de Administração e Artes de Limeira (FAAL).

O secretário Paulo Trigo ressalta que as conversas para que fosse possível viabilizar o projeto tiveram início em agosto. “Nós nos colocamos à disposição e tivemos um retorno muito acolhedor da FCA”, diz. Trigo conta que as espécies escolhidas são de grande porte, como Jatobá e Sapucaia, o que proporcionará grandes benefícios ambientais. “Será mais um ‘pulmão’ para Limeira”, compara. O secretário também frisa que a arborização irá criar condições para que o campus se torne um ambiente mais acolhedor e receptivo e, como consequência, seja mais frequentado pela comunidade. O diretor de Licenciamento, Fiscalização e Áreas Verdes, Rogério Mesquita, também esteve presente na atividade.

As árvores foram dispostas de forma linear no perímetro do campus, para possibilitar que, no futuro, as calçadas e ruas do entorno sejam beneficiadas com a sombra das copas. O diretor da FCA, Álvaro D’Antona, fala que a integração do projeto do campus com a arborização urbana do município é um dos pontos de destaque da iniciativa. D’Antona também agradeceu a todos os colaboradores: “sem as parcerias, essa atividade de hoje seria inviável”.

A aluna do curso de administração, Melissa Lanaro (21), participou do plantio representando o Diretório Acadêmico (DA). Para ela, a qualidade de vida dos alunos será beneficiada com o campus mais arborizado. “Além de fornecer mais sombra, serão criados mais espaços de convivência, o que é muito importante”, avalia. Mariana Ferreira (22), que é aluna de nutrição e também integra o DA, compartilha da mesma opinião: “a vida acadêmica acaba trazendo muito stress aos estudantes, certamente esse maior contato com a natureza irá proporcionar mais momentos de paz ao nosso cotidiano”.

BOSQUE DE FRUTÍFERAS

Além do perímetro do campus, um espaço mais centralizado também recebeu novas mudas: foi criado um bosque de frutíferas. Entre as frutas que poderão ser colhidas no futuro estão pitanga, araçá e abio. Os responsáveis pelo plantio foram alunos do 4º ano da Ceief Governador Mario Covas. Nicole Aguiar e Giovana Ribeiro, ambas com 10 anos, contam que nunca haviam plantado uma árvore. “Está sendo bem legal, quando elas crescerem vou ficar super feliz”, diz Nicole.

A professora Elisângela Galina fala que as crianças são bastante curiosas e gostam de conhecer e participar de atividades de educação ambiental. De acordo com ela, esse contato próximo com a natureza contribui com as aulas de ciências, onde são trabalhadas questões como a diferença entre árvores nativas e exóticas. Elisângela também comentou que a oportunidade de conhecer o ambiente universitário será enriquecedora para os alunos.

Fonte
A de I/Limeira.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios