CidadesDestaqueNotícias

PUC-Campinas e polícia federal assinam acordo inédito de cooperação técnica

Acordo é o primeiro do país entre a PF e uma instituição de ensino superior privada

O Reitor da PUC-Campinas, Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, e o Chefe da Delegacia da Polícia Federal em Campinas, o Delegado Federal Paulo Víbrio Junior, assinaram, nesta sexta-feira, dia 8 de fevereiro, um acordo de cooperação técnica com a Polícia Federal em Campinas.

Até então, a Polícia Federal (PF) só possuía acordos desse modelo com instituições públicas de ensino superior. O objetivo é desenvolver projetos e ações de interesse comum, voltados para a pesquisa, inovação, treinamento de recursos humanos, ensino e extensão, desenvolvimento e compartilhamento de tecnologias e informações.

“A PUC-Campinas tem como missão produzir, enriquecer e disseminar o conhecimento. A expansão dos espaços da Universidade, como permite esse acordo, trará benefícios a nossos alunos por meio de estágios na Polícia Federal. Além disso, o compartilhamento de laboratórios trará muitos reflexos positivos para as áreas de pesquisa e inovação na Universidade”, disse o Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior.

Com o documento, a Universidade poderá, por meio do ensino, da pesquisa e da extensão, trocar conhecimento e aprimorar as atividades da Polícia Federal na área técnico-científica.

A Delegacia da Polícia Federal em Campinas é a quinta maior do Brasil. “Isso dá a dimensão desse acordo. É um avanço muito importante para a área científica da Polícia Federal”, ressaltou Paulo Víbrio Junior, Chefe da Delegacia da Polícia Federal em Campinas.

Entre os representantes da PUC-Campinas, além do Reitor, compuseram a solenidade o Vice-Reitor, Prof. Dr. Pe. José Benedito de Almeida David; o Pró-Reitor de Graduação, Prof. Me. Paulo Moacir Godoy Pozzebon; o Pró-Reitor de Extensão e Assuntos Comunitários, Prof. Dr. Rogério Eduardo Rodrigues Bazi; a Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Profa. Dra. Alessandra Borin Nogueira; o Pró-Reitor de Administração, Prof. Dr. Ricardo Pannain; e o Diretor da Faculdade de Química, Prof. Me. Marcelo José Della Mura Jannini.

Já pela Polícia Federal, acompanharam o Chefe da Delegacia da Polícia Federal em Campinas, Paulo Víbrio Junior, Paulo Henrique Martinelli de Campos Matos, Delegado Executivo da PF em Campinas; Lourival Moreira, Chefe do Núcleo Técnico-Científico (NUTEC) da PF; e o Coordenador do Laboratório de Química Forense do NUTEC, Rogério Matheus Vargas.

Fonte
PUC-Campinas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios