CidadesDestaqueNotícias

Paixão de Cristo de Piracicaba realiza gravação das vozes dos personagens

Ao todo, são 54 cenas gravadas com mais de 66 pessoas durante os cinco dias

O espetáculo teatral Paixão de Cristo de Piracicaba está ganhando novos detalhes para emocionar o público durante as apresentações. Nesta semana (começaram na quarta-feira e seguem até domingo, dia 24) ocorrem as gravações das falas que dão vida aos personagens e, principalmente, transmitem as mensagens bíblicas de cada cena com impressionantes interpretações.

Ao todo, são 54 cenas gravadas com mais de 66 pessoas durante os cinco dias, que neste ano têm novidades no Natural Music Studio, escolhido pela Associação Cultural e Teatral Guarantã, realizadora do espetáculo. “É um ato importante para a encenação”, explicam Marcos Thadeus, diretor geral da 30ª Paixão de Cristo de Piracicaba, e o assistente Edvaldo Oliveira. “Como é tudo gravado, os artistas passam o texto inteiro, com as cenas sendo ensaiadas na íntegra”, completam.

Mais de 75 personagens possuem falas e, por isso, a concentração no estúdio é muito importante. Os números são diferentes entre cenas e pessoas porque alguns voluntários gravam mais de um personagem. Para que a perfeição seja alcançada as gravações são exaustivas, sempre considerando técnicas como a entonação da voz para passar os sentimentos e as reações – de tormento ou alegria – no momento exato. “Todo o trabalho busca levar a experiência de estar assistindo ao vivo, do começo ao fim das apresentações”, falam Marcos Thadeus e Edvaldo Oliveira.

ESPETÁCULO

Lembrando uma verdadeira cidade cenográfica, a história transcorre em cenas simultâneas para permitir ao público uma completa visibilidade de todos os palcos que compõem a estrutura espalhada pela área principal do Parque do Engenho Central, entre os Domingos de Ramos e de Páscoa (de 14 e 21 de abril), às 20 horas. Na Sexta-feira Santa também haverá sessão extra diurna, às 17 horas.

No decorrer da apresentação o espectador sente-se envolvido pelo clima, num realismo obtido graças aos inúmeros efeitos cênicos e técnicos. A dramaticidade da trilha sonora, juntamente com os recursos utilizados, como carruagens, bigas, soldados e artistas circenses, remetem o público à própria época.

Por isso, nestas trinta edições ininterruptas, a Paixão de Cristo de Piracicaba continua sendo reconhecida pela crítica especializada como um dos melhores e maiores espetáculos do gênero no Brasil.

A produção deste ano é de Anelisa Ferraz, que também faz parte da Associação e pela primeira vez ocupa o cargo na composição do espetáculo.

PARTICIPE DO ELENCO

Para participar da 30ª edição da Paixão de Cristo de Piracicaba não é preciso experiência teatral, basta se inscrever. Os interessados em compor o elenco da Paixão de Cristo de Piracicaba devem comparecer no Engenho Central durante os ensaios dominicais. A participação é aberta à comunidade e não há limite de idade. Menores de 18 anos deverão ir acompanhados dos pais ou responsáveis.

Fonte
Engenho da Notícia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cresta WhatsApp Chat
Send via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios