CidadesDestaqueNotíciasPolícia

PM divulga dados em audiência pública na ACISB

Quase todos os índices foram menores em referencia ao ano de 2017

O 19º Batalhão de Polícia Militar de Americana, por meio da 2ª Companhia de Polícia Militar de Santa Bárbara d’Oeste promoveu, na tarde de ontem, a Audiência Pública para prestação de contas à população. Os dados foram referentes ao ano de 2018. O evento foi realizado na ACISB (Associação Comercial e Industrial de Santa Bárbara d´Oeste).

Foto: Francisco de Godoy

De acordo com o comandante interino da 2ª Cia, tenente Alcântara, o objetivo é divulgar a transparência do serviço que foi prestado com a comunidade. “Hoje também foi falado sobre o sistema Detecta, que é a integração das câmaras do Estado com outros equipamentos de monitoramento de segurança pública, como a Guarda Municipal, e a novidade é que comerciantes e moradores podem, sem custo algum, integrar ao sistema em prol da segurança pública”, afirma.

A abertura da audiência contou com uma apresentação de vídeo institucional da Polícia Militar do Estado de São Paulo e das ações do 19º Batalhão de Polícia Militar que integra Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Artur Nogueira, Cosmópolis e Engenheiro Coelho. “Passamos para a população um comparativo, embora seja trimestral, fizemos um comparativo de todo o ano e que mostra que o município de Santa Bárbara d’Oeste está em uma constante queda de índices criminais como furtos e roubos de veículos, roubos e homicídios bem como as prisões que têm sido realizadas, além de uma oportunidade de falarmos um pouco mais sobre o processo da segurança pública para a população, entre eles, a importância dos bloqueios policiais onde se evitam ações criminais e a população, as vezes sem maldade, acaba compartilhando essas informações e inibindo o policiamento de forma geral”, disse.

Entre os dados divulgados estão os roubos (exceto celulares, veículos e cargas) que em 2018 foram 364, sendo menor que o índice de 2017 que foi 447. Roubo e furtos de veículos também houve uma queda, sendo em 2017 somando 836 furtos e em 2018 foram 792. Vítimas de letalidade somaram 14 em 2017 e 12 em 2018. Já as prisões em flagrante foram 242 em 2017 e 792 em 2018.

A audiência também divulgou os números de prisões de condenados (foragidos) com 129 em 2017 e 198 em 2018. Armas de fogo apreendidas foram 27 em 2017 e 25 em 2018. Veículos apreendidos somaram 1.540 em 2017 e 1.349 em 2018 e apreensão de entorpecentes somaram 587 kg em 2017 e 347 em 2018. O tenente também destacou a parceria com a Guarda Civil com o compartilhamento de dados criminais e informações de segurança pública. “O relacionamento entre as forças policiais em conjunto só beneficiam a população. Temos uma grande parceria em Santa Bárbara d’Oeste através do comandante Silas, o que não ocorrem em várias cidades do país, e só podemos acrescentar melhorias nos patrulhamentos, em ações mais rápidas e eficazes”, disse.

Participaram da audiência, comerciantes, autoridades do legislativo e população em geral. “A participação dos munícipes ainda é baixa, mas a gente espera que a população esteja presente nas próximas audiências, que tem como objetivo dar conhecimento das operações feitas na cidade e orientá-los sobre os cuidados que se deve tomar para evitar furto ou até roubo”, disse. A próxima audiência tem previsão para acontecer em abril.

Sistema Detecta

Durante a audiência, o Major Rédua apresentou o sistema Detecta para comerciantes e população em geral. O objetivo é promover uma integração entre as câmeras particulares e de comércio, onde a parceria não tem custo nenhum aos adeptos e pode facilitar a segurança local, municipal e estadual. O sistema de prevenção e investigação criminal promove a integração de bancos de dados e câmeras de diferentes instituições para monitorar áreas específicas, veículos e suspeitos para auxiliar as polícias no combate ao crime em todo o território paulista.

A ferramenta funciona como um Big Data (grande conjunto de dados armazenados), integrando bancos de dados das polícias Civil, Militar e Técnico-Científicas com outros órgãos e grupos – como o Departamento Estadual de Trânsito (Detran SP), prefeituras, concessionárias de rodovias, associações, empresas, condomínios, etc.

São integrados ao Detecta, entre outros, o Registro Digital de Ocorrência (RDO), os dados do Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD), Sistema Operacional da PM (SIOPM – 190), Infocrim, Sistema de Fotos Criminais (Fotocrim), além de informações de veículos e da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Santa Bárbara d’Oeste possui quatro câmeras integradas ao sistema. Os dados reúnem informações e fotos de criminosos procurados, cadastro de pessoas desaparecidas, dados sobre a situação de veículos, se estão com os documentos em ordem, de foram furtados, roubados ou clonados.

Fonte
Diário de Santa Bárbara.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cresta WhatsApp Chat
Send via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios