CidadesDestaqueNotícias

Procon aponta variação de até 275% nos preços de peixes

O Procon também realizou pesquisa de ovos de páscoa; variação é de quase 200%

Os consumidores devem ficar atentos e pesquisar os preços antes da realização das compras tradicionais de Páscoa, segundo o Procon de Santa Bárbara d’Oeste, órgão vinculado à Secretaria de Administração e Fundação Procon-SP. Pesquisas realizadas pelo órgão mostram que os preços dos peixes variam até 275%, enquanto os de ovos de páscoa quase 200% entre os estabelecimentos comerciais. O levantamento foi realizado entre os dias 8 e 11 de abril em 17 estabelecimentos (peixes) e 11 (ovos de páscoa).

A maior variação de preço de peixes foi encontrada no quilo da sardinha, com 275,2%. O menor valor pesquisado foi de R$ 7,99 e o maior R$ 29,98. Já com relação aos ovos de páscoa, a variação alcançou 199,3%, no Ovo Classic, 45 gramas, embalagens sortidas, da Nestlé. O menor valor encontrado foi de R$ 9,99 e o maior R$ 29,90.

A pesquisa completa está disponível aos consumidores no Procon, localizado Rua Graça Martins, 436, no Centro (entrada pela lateral) ou no site www.santabarbara.sp.gov.br/procon/. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3455.5779.

Orientações

Quanto aos ovos de páscoa, os produtos não podem estar expostos a temperaturas elevadas ou baixas e devem estar longe de produtos de limpeza. É preciso verificar se há sinais de violação da embalagem ou furos, bem como se o produto está amassado ou quebrado.

Os ovos com brinquedos requerem uma atenção especial. Eles precisam ter a informação de “Atenção: contém brinquedo certificado no âmbito do Sistema Brasileiro da Avaliação da Conformidade” e na embalagem também é obrigatória a colocação da faixa etária ou que informe que não há restrições de faixa etária – se for o caso. Após aberto, deve ser observado se a embalagem do brinquedo traz o selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

Já sobre os peixes, os consumidores devem observar o local de armazenamento. Em caso de congelados, verificar se há poças de água no chão que podem indicar que o freezer está com problemas ou que o estabelecimento pode estar diminuindo a temperatura temporariamente, prejudicando o produto. No caso de produtos não congelados e livres de embalagem, observar se está livre de moscas e insetos. Além disso, é preciso observar nos peixes frescos se os olhos estão brilhantes e salientes, se as escamas estão bem presas ao corpo e se a barriga está firme. Quanto ao bacalhau, é preciso estar atentos a presença de pintas vermelhas e pretas, pois indicam bolor ou deterioração.

Fonte
A de I/SBO.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cresta WhatsApp Chat
Send via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios