CidadesDestaqueNotícias

Parceria Ambiental na escola

Educação Ambiental: em parceria entre Prefeitura e SESI, alunos catalogam espécies de árvores

Estudantes do 9º ano do SESI de Santa Bárbara d’Oeste realizaram estudo de espécies de árvores presentes em todas as suas dependências. A ação ocorreu nas últimas semanas, com apoio de profissionais da Secretaria de Meio Ambiente. O trabalho foi identificação e catalogação das espécies, mapeamento e confecção de exsicatas (material seco e prensado coletado das árvores, para compor uma coleção botânica).

A atividade foi uma parceria entre a Prefeitura e o SESI e aconteceu durante as aulas de Eixo Interáreas – “Fome de quê?”, sendo mediada pela professora Érica Fátima Inácio, com supervisão e orientação do biólogo Fábio Vicentin Diniz durante os meses de março e abril.

O principal objetivo do projeto foi fazer com que os estudantes se sensibilizassem com o ambiente que os cerca e garantir práticas sustentáveis no futuro, despertando neles o “conhecer para preservar”.

No dia 12 deste mês foi feita a coleta do material botânico das árvores, para que o mesmo fosse prensado e seco na estufa do Viveiro Municipal. No dia 16 o trabalho foi concluído com a montagem das exsicatas. Foram quase 20 espécies catalogadas, as quais serão agora identificadas, visualmente nas dependências do Centro de Atividades do SESI de Santa Bárbara d´Oeste.

Educação Ambiental também é abordada em escolas da rede municipal

Sustentabilidade e Educação Ambiental também estão no dia a dia dos alunos da rede municipal de ensino de Santa Bárbara d’Oeste. A Prefeitura promove o trabalho de “checklist” que percorre as escolas municipais propondo novas ideias e alternativas para o trabalho em sala de aula.

Os profissionais da rede são orientados sobre os temas “água e esgoto”, “resíduos”, “energia elétrica”, “projetos pedagógicos”, “reuso”, “Meio Ambiente” e “fauna sinantrópica”. Neste ano o projeto segue com a atuação de uma equipe multidisciplinar que integra a Câmara Técnica de Educação Ambiental.

Outras diversas ações são realizadas, como plantio de mudas de árvores, implantação e melhorias em hortas e hortos, além de melhorias nas estruturas das unidades. Profissionais da rede municipal de ensino e voluntários também participam do curso de confecção de exsicatas – a capacitação tem como objetivo a catalogação das espécies utilizadas no município, resultando na estruturação de um Herbário Municipal – espécie de “biblioteca botânica” que ficará no Núcleo de Educação Ambiental “Fioravante Luiz Angolini” (NEA), em projeto inédito na região.

Fonte
A de I/SBO.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cresta WhatsApp Chat
Send via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios