CidadesDestaqueNotícias

Programa “De bem com a vida” inova modo de olhar a saúde

Lançado nesta quarta-feira (22), programa traz com conceito de que viver bem não é estar livre de problemas, mas, sim, ter uma postura positiva

A Prefeitura de Hortolândia lançou, nesta quarta-feira (22), o programa “De bem com a vida”, que convida da população a mudar sua visão sobre o que é viver bem, por meio da adoção de atividades simples, praticadas de forma individual ou coletiva, com objetivo de melhorar a autoestima e o bem estar físico e emocional. O evento, que contou com a presença do prefeito Angelo Perugini, reuniu centenas de pessoas no Parque Chico Mendes, na região central da cidade, onde a Secretaria de Saúde fez demonstração de algumas atividades que farão parte do novo programa, como Lian Gong (ginástica chinesa), fitoterapia (terapia com ervas) e dança circular. Interessados em ficar “De bem com a vida” podem procurar a unidade de saúde do bairro e se informar sobre a ação que acontece na sua localidade.

“Ter um dia a dia leve, com atitudes positivas e saudáveis diantes das várias situações é estar de bem com a vida. Muitas vezes, as pessoas consideram que estar bem é estar com saúde. Mas uma pessoa que tem uma doença, que realiza algum tratamento, por exemplo, pode e deve estar de bem com a vida”, diz a secretária de Saúde, Odete Carmem Gialdi. A proposta da Secretaria de Saúde é que, a cada três meses, sejam realizados novos encontros do programa para participação de toda comunidade.

“Esse ano eu faço minha carteirinha (de idoso). É bom poder chegar a esta idade, ainda mais com saúde. Para conquistar isso, eu pratico exercícios físicos diariamente e incentivo as pessoas a terem hábitos saudáveis. A Prefeitura se preocupa com esta questão, de garantir a saúde das pessoas, e uma das nossas intenções é ocupar parques e áreas de lazer com atividades que proprocionem bem estar”, destacou o vice-prefeito e secretário de Meio Ambiente, José Nazareno Zezé Gomes.

“Nas obras do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), priorizamos avenidas que tenham pista de caminhada e cilcovia nas laterais, para que as pessoas estejam motivadas a praticar exercícios físicos e conquistem mais qualidade de vida. Exemplo disso, é a Ponte da Esperança (Estaiada), que será inaugurada, neste domingo (26/05), com 700 metros de calçada”, enfatizou o prefeito Angelo Perugini.

Práticas integrativas

A dona de casa Cleusa de Souza Rodrigues Golçaves, de 62 anos, moradora do Jd. Amanda, pratica Lin Gong com o grupo do bairro. Nesta manhã, ela aproveitou o dia de sol para participar do lançamento do programa “De bem com a vida”. Um dos atrativos do programa, na opinião dela, é a implantação de hortas comunitárias e Fitoterapia nas áreas de abrangência das UBSs (Unidades Básicas de Saúde). “Eu vim da roça e lá, a gente trata muita coisa com plantas e chás. Aqui na cidade, a gente não tem este costume, mas funciona! Vi algumas plantas aqui que são muito conhecidas”, disse Cleusa, se referindo às espécies em exposição na tenda da horta comunitária organizada pela UBS Orestes Ôngaro, onde havia Babosa (cicatrizante), Hortelã (vermífugo), Manjericão (calmante), entre outras.

Para colocar o “De bem com a vida” em prática, a Prefeitura oferecerá grupos de caminhada e Lian Gong (ginástica chinesa) em todas as 17 UBSs da cidade. O município também qualificou profissionais da Saúde para ampliar a oferta de PICs (Práticas Integrativas e Complementares) nas unidades de saúde. As PICs são recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais, como Shantala, Fitoterapia e Dança Circular, voltados à prevenção de diversas doenças, como depressão e hipertensão.

“Serão 10 práticas integrativas oferecidas em toda a cidade. Cada unidade de saúde será mapeada para identificarmos o perfil dos usuários. Vamos direcionar as atividades de acordo com este público. Por exemplo, onde há muitos bebês, vamos oferecer Shantala para as mães fortalecerem o vínculo com a criança. Em outra unidade, levaremos arteterapia. Todas as UBS terão alguma prática integrativa. Nosso objetivo é oferecer atividades que prorpocionem cuidados com a saúde e que criem vínculos entre a população e as equipes das unidades de saúde”, destaca Odete.

Confira as práticas integrativas que serão ofertadas em Hortolândia, por meio do programa “De bem com a vida”:

1.Acupuntura

2.Aromaterapia

3.Arteterapia

4.Auroculoterapia

5.Constelação familiar

6.Dança circular

7.Fitoterapia

8.Lian Gong

9.Meditação

10.Reflexoterapia

Fonte
A de I/Hortolândia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cresta WhatsApp Chat
Send via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
LinkedIn
Instagram
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios