CidadesDestaqueNotícias

Geladeiras literárias são decoradas para uso em Hortolendo 2019

Refrigeradores sem uso serão usados como porta-livros, durante programa de incentivo à leitura no município; Prefeitura arrecada geladeiras inservíveis

Em julho deste ano, dentro das ações do Hortolendo 2019, programa de incentivo à leitura na cidade, especialmente entre alunos da rede municipal de ensino, a Prefeitura de Hortolândia realizará a “Semana de Incentivo à Leitura”. A ideia da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia é, entre os dias 29/07 e 02/08, disponibilizar pelo menos dez geladeiras literárias em espaços públicos da cidade, como a praça defronte ao CFPE (Centro de Formação dos Profissionais em Educação) “Paulo Freire” e em frente ao Paço Municipal Palácio das Águas, ambos situados no Remanso Campineiro

O projeto das geladeiras literárias consiste em transformar refrigeradores sem uso em porta-livros coloridos, disponibilizados em espaços públicos, tais como praças e áreas comuns de órgãos municipais. O objetivo é que as obras literárias ali colocadas circulem entre a população e conquistem novos leitores. Afinal, em 2019, o tema do Hortolendo é justamente “Leitura em Movimento”.

As duas primeiras unidades, grafitadas pelo artista Kauan Santana, foram customizadas com tinta acrílica spray pela coordenadora pedagógica e musicista Selma Epifania. A decoração foi concluída nesta semana. Numa delas, lê-se a proposta do projeto: “Leve um livro, solte a mente. Deixe outro, me alimente.”

Doação de geladeiras literárias

Para ampliar os espaços literários do projeto, o Departamento de Educação Integral promove uma campanha de arrecadação de geladeiras inservíveis, assim como de livros novos e usados. São aceitas doações de livros em geral, sem restrição de título ou área, que após triagem, serão disponibilizados nas geladeiras literárias.

A meta da campanha é obter pelo menos 20 refrigeradores sem uso, de qualquer tamanho. Quem quiser colaborar pode ligar para 3897-8400, ramal 8429, e agendar a retirada do eletrodoméstico com a gerente de Educação Integral, Daniela Gagliardi. Quem puder também poderá fazer a doação da geladeira já limpa diretamente no CFPE “Paulo Freire”, localizado na Rua Euclides Pires de Assis, 2015, no Remanso Campineiro. O órgão funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e das 13h às 17h.

“O objetivo é difundir a cultura da leitura em Hortolândia e estimular a troca e doação de livros, criando uma cidade leitora”, afirma a diretora do Departamento de Educação Integral, Karin Lucas.

Neste ano, o 9o. Hortolendo trará uma série de ações e projetos de incentivo à leitura e à contação de histórias. Uma das propostas é implantar salas de leitura sustentáveis nas escolas municipais. Segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, a ideia será sugerida às equipes gestoras, durante as reuniões de planejamento das ações do programa municipal de incentivo à leitura, cuja vertente mais conhecida é a festa literária realizada a céu aberto num dos parques da cidade. A festa deste ano, em planejamento, será reformulada, segundo a secretária Sandra Fagundes Freire. O formato da edição 2019 do Hortolendo, assim como data e local da festa, será anunciado em breve pela Prefeitura.

Atualmente, duas escolas municipais já contam com salas sustentáveis: as Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental) Jd. Nova Europa e Cláudio Roberto Marques, no Jd. Santana. Ainda de acordo com a secretária Sandra Fagundes Freire, a ideia é ampliar o projeto para outras unidades da rede.

Fonte
A de I/Hortolândia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cresta WhatsApp Chat
Send via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios