DestaqueNotícias

Palmeiras atropela Godoy Cruz e vai às quartas de final da Libertadores

Agora, o Palmeiras aguarda o vencedor do duelo entre Libertad, do Paraguai, e Grêmio para saber quem será seu próximo adversário na Libertadores.

O Palmeiras está nas quartas de final da Copa Libertadores. Nesta terça-feira, a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari recebeu o Godoy Cruz, no Allianz Parque, pelo jogo de volta das oitavas do torneio continental, e não decepcionou sua torcida, que lotou o estádio alviverde. Depois de um primeiro tempo apático, o Verdão voltou com tudo para a etapa complementar e conseguiu sair de campo com a importante vitória por 4 a 0, graças aos gols de Raphael Veiga, de pênalti, depois de o VAR entrar em ação para que a infração fosse marcada, Borja, aproveitando o vacilo do goleiro adversário, Scarpa e Dudu.

Raphael Veiga of Brazil’s Palmeiras celebrates after scoring against Argentina’s Godoy Cruz during their Copa Libertadores football match at the Allianz Parque stadium in Sao Paulo, Brazil, on July 30, 2019. (Photo by Nelson ALMEIDA / AFP)

Agora, o Palmeiras aguarda o vencedor do duelo entre Libertad, do Paraguai, e Grêmio para saber quem será seu próximo adversário na Libertadores. No jogo de ida, o Tricolor gaúcho levou a melhor, vencendo o rival por 2 a 0, gols de Diego Tardelli e David Braz. A decisão acontece nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no estádio Defensores Del Chaco.

Pelo segundo ano consecutivo o Palmeiras avança às quartas de final da Libertadores. No ano passado, o Verdão chegou até a semifinal do torneio, sendo eliminado pelo Boca Juniors. Em 2017, caiu nas oitavas para o Barcelona de Guayaquil, do Equador. Nesta terça, o time de Felipão jogava pelo empate depois de ter voltado da Argentina com o placar de 2 a 2. O Godoy Cruz só avançaria com uma igualdade no marcador se fosse por 3 ou mais gols.

O jogo – Logo no primeiro minuto de jogo o Palmeiras deu o primeiro susto no adversário. Raphael Veiga mandou a bola na área e, após bate-rebate, a bola sobrou para Luan, que bateu de primeira, mas sem precisão. Ainda assim, seu arremate cruzou toda a área do Godoy Cruz, porém, ninguém desviou para o fundo das redes.

Já aos 12 minutos foi a vez de o Palmeiras atacar de uma forma um tanto quanto incomum. Marcos Rocha abandou a lateral direita e, centralizado, correu rumo à grande área. Enquanto isso, Willian, aberto, fez o cruzamento na cabeça do camisa 2, que não conseguiu finalizar de maneira certeira.

Com Dudu atuando no meio e Raphael Veiga aberto pela esquerda, o Verdão tentava surpreender o Godoy Cruz de alguma forma, mas o que a torcida alviverde viu no primeiro tempo foi uma equipe com pouca criatividade. Embora não tenha sido agredido, o time comandado por Felipão também não dominou os visitantes como todos imaginavam. Cometendo erros bobos e pecando no último terço do campo, coube ao Palmeiras se conformar com o empate em 0 a 0 ao fim do primeiro tempo.

Segundo tempo

Se o Palmeiras foi apático na primeira etapa, no segundo tempo a história foi diferente. Logo aos quatro minutos por pouco a torcida não extravasou nas arquibancadas do Allianz Parque. Willian recebeu na direita, deu um lindo corte no marcador e cruzou na cabeça de Gustavo Gómez, que viu o goleiro fazer a defesa à queima-roupa em dois tempos.

Raphael Veiga of Brazil’s Palmeiras celebrates after scoring against Argentina’s Godoy Cruz during their Copa Libertadores football match at the Allianz Parque stadium in Sao Paulo, Brazil, on July 30, 2019. (Photo by Nelson ALMEIDA / AFP)

Pouco depois, aos 11 minutos, não teve jeito. Após o árbitro marcar pênalti para o Palmeiras com o auxílio do VAR pelo fato de o zagueiro ter tocado na bola com o braço, Raphael Veiga foi para a cobrança e não desperdiçou, batendo forte, no cantinho, para abrir o placar.

Não satisfeito com a vantagem parcial, o Palmeiras tratou de não correr qualquer risco de ser surpreendido balançando as redes mais uma vez e praticamente assegurando a classificação às quartas de final da Libertadores aos 28 minutos, quando Weverton repôs a bola no campo de ataque, e Borja aproveitou a saída do goleiro para ficar com a sobra depois de o goleiro Mehring se chocar com a defesa e deixar a meta do Godoy Cruz sem ninguém, facilitando a tarefa do atacante colombiano, que precisou apenas empurrar para o fundo das redes com um carrinho.

Antes do apito final, ainda deu tempo para Gustavo Scarpa, que havia entrado na vaga de Raphael Veiga, carimbar a trave e, posteriormente, aos 38 minutos do segundo tempo, ir às redes ao completar de primeira o cruzamento de Dudu, não dando chances para que o goleiro Mehring fizesse a defesa. Já nos acréscimos, foi a vez de Dudu receber livre pela direita, dentro da área, e soltar a bomba, no ângulo para fechar a conta, transformando a elástica vitória em goleada.

FICHA TÉCNICA – PALMEIRAS 4 X 0 GODOY CRUZ

Local: Allianz Parque, em São Paulo, Brasil
Data: 30 de julho de 2019, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Esteban Ostojich (URU)
Assistentes: Richard Trinidad e Gabriel Popovits (URU)
VAR: Gery Vargas (BOL), auxiliado por Eduardo Gamboa (BOL) e Nicolás Taran (CHI)

Gols: Raphael Veiga, aos 11 do 2ºT, Borja, aos 28 do 2ºT, Scarpa, aos 38 do 2ºT, e Dudu, aos 49 do 2ºT (Palmeiras)
Cartões amarelos: Bruno Henrique, Raphael Veiga (Palmeiras); Cardona, Varela (Godoy Cruz)
Cartão vermelho: Manzur (Godoy Cruz)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Raphael Veiga (Gustavo Scarpa); Dudu, Willian (Hyoran) e Borja (Deyverson)
Técnico: Felipão

GODOY CRUZ: Mehring; Arena (Prieto), Varela, Cardona e Breitenbruch; Gutiérrez, Andrada e Bullaude; Brunetta (Manzur), Merentiel e Santiago García
Técnico: Lucas Bernardi

Fonte
Gazeta Esportiva.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cresta WhatsApp Chat
Send via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios