DestaqueEsportesNotícias

Brasil 3 x 0 Coreia do Sul – Seleção joga bem e encerra má fase na última partida do ano

A equipe canarinho enfim conseguiu se impor contra um adversário mais fraco tecnicamente

A Seleção Brasileira fechou a temporada 2019 com vitória por 3 a 0 para cima da Coreia do Sul na manhã desta terça-feira, nos Emirados Árabes. O resultado alivia a pressão em cima da equipe e até do técnico Tite visando as Eliminatórias para a Copa do Mundo, que inicia no mês de março de 2020.

O triunfo era tido como fundamental para o treinador e o duelo com os sul-coreanos passou a ter um peso ainda maior depois que, na última sexta-feira, a equipe nacional foi superada pela rival Argentina por 1 a 0, em Riad, na Arábia Saudita. Depois daquele revés, o comandante começou a admitir que estava sob pressão no seu cargo, no qual agora volta a respirar aliviado ao fechar o ano de forma positiva.

Antes deste clássico com os argentinos, o Brasil já havia acumulado três empates (2 a 2 com a Colômbia e 1 a 1 com Senegal e Nigéria) e ainda foi batido pelo Peru por 1 a 0. A última vitória da seleção havia sido conquistada na decisão da Copa América, no dia 7 de julho, quando derrotou os peruanos por 3 a 1, no Maracanã.

E o triunfo em Abu Dabi também impediu que o Brasil superasse a sua maior sequência sem vencer com sua equipe principal desde 2013, que foi igualada com o revés sofrido diante da Argentina. Entre o final da passagem de Mano Menezes e o retorno de Felipão ao comando da equipe nacional, o time nacional acumulou empates com Colômbia, Itália e Rússia, além de derrotas para Argentina e Inglaterra, em uma série iniciada no fim de 2012 e completada no início do ano seguinte.

COMEÇO ARRASADOR

O Brasil colocou um ritmo forte contra Coreia do Sul e respondeu à má fase pós-Copa do Mundo. A seleção precisou de oito minutos para abrir o placar com o até então contestado Lucas Paquetá. Provocado até mesmo por Rivaldo, o ex-flamenguista recebeu um lindo passe de Renan Lodi e mergulhou para fazer, de cabeça, 1 a 0.

Brasil encerra 2019 com vitória contra Coreia

O lateral, inclusive, se transformou em principal esperança para a lateral esquerda do Brasil. O ex-jogador do Athletico Paranaense se destacou com jogadas em profundidade e deu grande passo para assumir a titularidade, já que Alex Sandro esteve abaixo nas últimas partidas com a ‘amarelinha’.

Em desvantagem, a Coreia subiu sua marcação e tentou surpreender o Brasil na saída de bola, mas ficou nos lampejos de Son Heung-Min. A seleção canarinha, porém, continuou melhor e ampliou o marcador aos 35 minutos. Após cinco anos e 72 jogos, saiu um gol de falta. Philippe Coutinho bateu com perfeição. O último havia sido feito por Neymar, no triunfo por 1 a 0 contra Colômbia, em Miami.

Curiosamente, o mesmo Coutinho quase fez um gol contra pouco depois, aos 41 minutos, em um lance no qual se atrapalhou e acabou dando sorte. Após finalização de Jung, Alisson deu rebote e a bola sobrou para o meio-campista do Brasil, que tentou tocar a bola para escanteio, mas viu a mesma bater no pé da trave e voltar nos seus pés antes de ele conseguir afastar o perigo.

FECHOU A CONTA

No segundo tempo, o Brasil continuou mandando no jogo, principalmente com a liberdade de seus laterais. O terceiro veio naturalmente. Aos 14 minutos, Richarlison abriu com Lodi pela esquerda. O lateral cruzou na medida para Danilo, que chegou batendo e mandou no fundo das redes, sem chance para o goleiro Jo Hyeon-Woo.

Com 3 a 0 no placar, a seleção se acomodou no resultado e deixou a Coreia do Sul criar. Kim Jin-Su roubou a bola de Paquetá, avançou em liberdade e chutou. Alisson defendeu. A resposta do Brasil veio com Richarlison. O atacante recebeu belo passe de Philippe Coutinho, mas pegou muito mal na bola e jogou para fora.

O ponto negativo vai novamente para a demora de Tite em fazer as alterações. Mesmo com um placar elástico, o treinador foi fazer os testes apenas aos 35 minutos do segundo tempo e voltou a receber algumas críticas pela decisão tardia.

Nos minutos finais, a Coreia do Sul acelerou para tentar o gol de honra, mas parou na boa defesa da seleção brasileira, que fez uma partida perfeita nesta terça-feira.

Fonte
Agência de Futebol Interior.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Cresta WhatsApp Chat
Send via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios