CidadesDestaqueNotícias

Hospital Santa Bárbara tem três casos suspeitos

Os casos do Covid-19 estão internados e isolados

A Santa Casa de Santa Bárbara d’Oeste tem dois casos suspeitos de Covid-19, o novo Coronavirus, internados. Segundo a diretoria do hospital, as pacientes estão com cateter nasal de oxigênio sem a necessidade de aparelhos. A criança tem 10 meses e foi internada no dia 23 de março. A mulher de 67 anos chegou na unidade no dia 20 de março e a mulher de 58 anos apresentou doença pulmonar desde 23 de março. Todas as pacientes foram encaminhadas ao hospital pelo Pronto-Socorro Dr. Edison Mano.

“Temos dois pacientes suspeitos com doenças respiratórias em isolamento respiratório, um na ala clínica e outro na ala pediátrica. Os testes desses pacientes são centralizados no Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, cujos resultados demoram entre 10 e 15 dias”, informou Bezerra. Ainda de acordo com o médico, o paciente adulto está evoluindo para a alta e poderá ir para casa antes da chegada do resultado do exame.

No mesmo dia, a Prefeitura divulgou a existência de 22 casos suspeitos da doença. Segundo a administração, os pacientes estão em isolamento domiciliar e passam bem. Não houve nenhuma menção desses pacientes suspeitos internados na Santa Casa.

EQUIPAMENTOS E UTI

Questionado a respeito da quantidade de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e respiradores disponíveis para atendimento à população em caso de agravamento da situação, o diretor clínico informou que o HSB possui hoje 10 leitos de UTI, sendo 8 para pacientes SUS e 2 para convênios particulares.

Quanto aos aparelhos respiratórios, usados para pacientes em situação grave de Covid-19, Bezerra disse que a unidade de saúde tem 18 desses equipamentos.

Considerado uma situação de maior gravidade no município, o médico disse que o hospital teria condições de rapidamente montar uma estrutura que poderia chegar a 20 ou 25 leitos de UTI, mas que a região – citou Hospital Regional de Piracicaba – também estaria em condições de receber pacientes do município nesse momento de pandemia.

“O Estado de São Paulo tem uma quantidade de leitos de UTI suficiente para atender a população, mas o município não tem a quantidade suficiente caso essa projeção de pior cenário da doença venha a se tornar realidade”, disse Bezerra e acrescentou: “Se não houver confinamento, se as pessoas não ficarem em casa, nenhum sistema de saúde segura”.

Sobre a quantidade pequena de leitos de UTI na cidade, Bezerra contou que há tempos o HSB vem solicitando junto ao Governo do Estado a ampliação de leitos, que precisam ser habilitados para poderem funcionar. “Eu posso construir 10,15 ou 20 leitos de UTI, mas se o SUS não habilitar (credenciar), eles entram em situação de insolvência, porque não há repasse de recursos para manutenção”, revelou. Hoje, Santa Bárbara precisaria de, no mínimo, 40 leitos de terapia intensiva.

COMISSÃO INTERNA

O presidente do Hospital Santa Bárbara, Aparecido Donizeti Leite, afirmou que foi criada uma comissão interna específica para tratar sobre o Covid-19, com instruções e metodologia para o corpo de funcionários da unidade. Segundo ele, os funcionários vêm recebendo treinamento, mais insumos de proteção foram adquiridos como máscaras para o seu efetivo.

Outras medidas preventivas adotadas para evitar a propagação do coronavírus foram alteração no horário de visitas aos pacientes, limite de visitantes, suspensão de todos os estágios, suspensão de atividades dos Grupos de Humanização.

Fonte
sbnoticias.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cresta WhatsApp Chat
Send via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios