BrasilDestaqueNotícias

Teich toma posse na Saúde: É o maior desafio da minha carreira

Teich assume a pasta em um momento delicado para a saúde mundial

O médico oncologista Nelson Teich tomou posse no cargo de ministro da Saúde na manhã desta sexta-feira (17). Ele substitui Luiz Henrique Mandetta, que foi demitido na última quinta-feira (16) após impasses com o presidente Jair Bolsonaro.

Ele substitui Luiz Henrique Mandetta, que foi demitido na última quinta-feira (16) após impasses com o presidente Jair Bolsonaro

Em seu discurso de posse, Teich agradeceu a possibilidade de compor o governo federal em “um momento tão difícil para o mundo” e citou que trabalhar com a Oncologia moldou seu lado humano. “Por mais que a gente fale em saúde ou em economia, o final é sempre gente. Temos o objetivo de trazer uma vida melhor aos brasileiros.”

Anúncios

Ele começa os trabalhos ainda nesta sexta-feira com o compromisso de analisar diariamente a situação, junto aos estados e municípios, para “fazer diagnósticos, planejamentos e execuções” com agilidade. O novo ministro agradeceu o trabalho da equipe de Mandetta e falou em “agregar ao trabalho que vinha sendo feito pela gestão anterior”.

Teich assume a pasta em um momento delicado para a saúde mundial — a pandemia do novo coronavírus. Por conta disso, o ministro ressaltou a importância de ter informações corretas sobre o vírus, sua evolução e possíveis tratamentos.

“A falta de informação leva a ansiedades e medos enormes. Não é só um problema clínico, de lidar com a doença, mas também de administrar o medo da sociedade. Vamos ter que trabalhar trazendo confiança através da informação e do conhecimento na construção de uma solução.”

Nelson Teich falou da intenção de trabalhar e articular em conjunto dos outros ministérios com o objetivo de aumentar a informação. Ele citou, como exemplo, a importância de acompanhar os indicadores sociais. “Se aumentar o desemprego e as pessoas perderem planos de saúde, isso vai impactar o SUS.”

“Uma coisa que foi fundamental em toda a minha vida foi a necessidade de formar times. Trazer as pessoas certas aos problemas certos e dar condições para essas pessoas trabalharem. Definir prioridades, criar estratégias. Quando você sabe os números, quando você sabe o que acontece, a solução vem naturalmente”, afirmou.

Além de Teich, na cerimônia estavam presentes o presidente da República, a primeira-dama Michelle Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão, o ministro-chefe da Casa Civil, Braga Neto, e o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta.

Fonte
Jovem Pan

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cresta WhatsApp Chat
Send via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios