Primeira Campanha de Doação de Sangue de 2021 acontece na próxima terça

As demais datas das Campanhas no Município durante o ano serão nos dias 2 de março, 4 de maio, 6 de julho, 14 de setembro e 9 de novembro.

A primeira Campanha de Doação de Sangue de 2021 em Santa Bárbara d’Oeste acontece na próxima terça-feira (12). A iniciativa ocorrerá, das 9 às 12 horas, no Lions Clube Centro (Rua dos Antúrios, 96, no Jardim Dulce). Para doar é obrigatória a apresentação de um documento com foto e também estar dentro dos requisitos. Não devem comparecer doadores que apresentem algum sintoma de gripe ou resfriado e também não é permitido levar crianças ou acompanhantes.

As demais datas das Campanhas no Município durante o ano serão nos dias 2 de março, 4 de maio, 6 de julho, 14 de setembro e 9 de novembro. No último ano, a exemplo de todas as cidades em que o Hemocentro realiza a ação, a Campanha barbarense registrou uma redução de 8% na procura de doadores, em virtude da pandemia do Coronavírus (Covid-19). Nas seis Campanhas de Doação de Sangue realizadas houve o comparecimento de 427 doadores, sendo que 117 doaram pela primeira vez. Ao todo, foram coletadas 321 bolsas de sangue e realizados 114 cadastros para doação de medula óssea.

A iniciativa é uma parceria entre a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, por meio da Secretaria de Saúde, e Hemocentro da Unicamp, com o apoio dos Lions Clubes Santa Bárbara d’Oeste Centro e Pérola e Pastoral da Saúde Santa Bárbara d’Oeste (Diocese de Piracicaba).

Requisitos:

Para doar sangue basta ser saudável, ter entre 16 e 69 anos (serão aceitos candidatos à doação de sangue com idade de 16 e 17 anos, com o consentimento formal e presencial do responsável legal) e pesar mais de 50 kg, não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis ou transmitidas pelo sangue, não fumar duas horas antes ou após a doação e não estar em jejum, além de evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação.

Não podem doar pessoas que tiveram diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade, mulheres grávidas ou amamentando, pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como AIDS, hepatite, sífilis e doença de chagas, pessoas que tenham feito endoscopia há menos de seis meses, tatuagem ou piercing há menos de 12 meses e pessoas que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual sem uso de preservativos.

Fonte: A de I/SBO.

%d blogueiros gostam disto: