Verdão atropela na Argentina e fica perto da final – River Plate-ARG 0 x 3 Palmeiras

O time de Palestra Itália chegou a 11 jogos de invencibilidade, tem o melhor ataque, com 32 gols, e a segunda defesa menos vazada

O Palmeiras colocou um pé na grande final da Copa Libertadores da América ao derrotar o River Plate por 3 a 0 na noite desta terça-feira, em Avellaneda, pela partida de ida da semifinal. Após suportar a pressão na primeira etapa, o time de Palestra Itália tomou conta do segundo tempo e praticamente carimbou sua classificação para uma decisão, o que não acontece desde 2000, quando perdeu para o Boca Juniors.

Com o resultado, o Palmeiras poderá perder por até dois gol de diferença no jogo de volta, marcado para a próxima terça-feira, às 21h30, no Allianz Parque, para selar sua classificação. Em caso de vitória do River Plate pelo menos placar, a decisão sairá dos pênaltis.

VEJA OS GOLS DO PALMEIRAS

VERDÃO PONTUAL!

O Palmeiras começou o jogo marcando pressão, mas não demorou para recuar e jogar atrás da linha no meio de campo, principal após a linda defesa de Weverton. O goleiro fez pegou à queima-roupa no arremate de Carrascal. Na pressão, o River foi desperdiçando uma oportunidade atrás da outra. Montiel fez boa jogada pela lateral e cruzou para Borré. O atacante chegou no carrinho, mas não conseguiu concluir a gol.

Encurralado na defesa, o Palmeiras foi saindo aos poucos e contou com uma saída errada de Armani para abrir o marcador aos 26 minutos. Gabriel Menino recebeu na direita e tentou o chute cruzado. O goleiro bateu roupa e entregou para Rony, que contou com um desvio para colocar a bola no fundo das redes.

O gol incendiou o Palmeiras, que teve um golaço anulado marcado por Scarpa. O árbitro pegou impedimento de Luiz Adriano, que, em posição irregular, tocou para o atacante tirar de Armani e jogar para o gol, nada valeu. No fim, o River voltou a pressionar e chegou a jogar uma bola no travessão, na cobrança de falta de Nacho Fernández.

VIROU GOLEADA!

No segundo tempo, o jogo se inverteu. O Palmeiras ‘engoliu’ o River, a começar com gol de Luiz Adriano logo no minuto inicial. O atacante fez o giro em cima de Rojas, disparou para o ataque e tocou por baixo de Armani para fazer 2 a 0. O goleiro ainda evitou o terceiro, logo na sequência, em arremate de Patrick de Paula.

Mas o Palmeiras insistiu. Aos 14 minutos, Carrascal entrou forte em Gabriel Menino e acabou expulso. O time de Abel Ferreira aproveitou a superioridade numérica logo de cara. Aos 16 minutos, Viña recebeu dentro da área e tocou de cabeça, o suficiente para tirar Armani e ampliar para 3 a 0.

Após o gol, o jogo se transformou em ataque contra defesa. O River demonstrou muito cansaço e aceitou o domínio do Palmeiras, que foi desperdiçando várias oportunidades. Em uma delas, Gabriel Menino invadiu a área pela direita e chutou. Armani defendeu. Na sequência, em lance semelhante, Gabriel Menino cruzou, mas Willian pegou muito mal na bola. Depois foi só segurar para levar a São Paulo uma belíssima vantagem.

Fonte: Futebol Interior.

%d blogueiros gostam disto: