Vacinação contra Covid-19 começa em S.Bárbara

Profissionais de Saúde são os primeiros imunizados no Município

A vacinação contra a Covid-19 começou nesta quinta-feira (21) em Santa Bárbara d’Oeste – a primeira cidade da região a aplicar as doses da vacina. Os profissionais de Saúde que atuam onde há o atendimento de casos (Hospital Santa Bárbara, Hospital de Campanha e demais estruturas da rede municipal de Saúde) são os primeiros vacinados.

O prefeito Rafael Piovezan acompanhou o início da vacinação. A primeira profissional a ser imunizada foi a técnica de enfermagem Darlly Vanessa Alves Chagas, 33. Servidora pública municipal, ela trabalha há 8 meses no Hospital de Campanha. “Eu estou muito feliz, com um misto de sentimentos, Mas somente vou ficar aliviada quando toda a população, não só a de Santa Bárbara, receber essa dose. Agora temos essa esperança de poder se livrar desse vírus, ficar próximo de mais pessoas que a gente ama e evitar perder pessoas”, disse Darlly.

Para o prefeito, com o início da vacinação a cidade dá um passo fundamental para o enfrentamento da doença. “Esse é um momento histórico de união, de esforço e esperança. Santa Bárbara tem orgulho de ter iniciado a vacinação com a imunização do pessoal da linha de frente, dando segurança para que estes profissionais continuem a salvar vidas. Estamos muito animados com essa nova perspectiva e o próximo passo é levar essa segurança para a população barbarense. Este é o nosso compromisso: exercer o papel do serviço público de qualidade e ter um pacto pela ciência e pela vida”, comentou Rafael Piovezan.

O Município recebeu o primeiro lote da vacina, com 1560 doses, na noite desta quarta-feira (20). O Plano de Vacinação em Santa Bárbara d’Oeste segue as diretrizes do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde. As doses da vacina serão enviadas para Santa Bárbara d’Oeste em lotes com quantidades reduzidas. Sendo assim, a prioridade da vacinação é dos profissionais de Saúde.

Mediante envio e disponibilidade de doses da vacina, os profissionais que atuam na rede municipal de Saúde serão vacinados em seus locais de trabalho. Já os profissionais de Saúde da rede particular e a população idosa (que receberá as doses da vacina em esquemas de vacinação que serão divulgados pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria de Estado da Saúde) serão vacinados em seis UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do Município, conforme o Plano de Vacinação. A vacinação dos idosos que estejam em Instituições de Longa Permanência, como asilos e casas de repouso, será realizada diretamente nos locais pelos profissionais da Vigilância Epidemiológica – sempre mediante envio e disponibilidade de doses de vacina.

Fonte: A de I/SBO.

%d blogueiros gostam disto: