Eleita mesa diretora do Codepasbo

As reuniões do Conselho acontecerão todas as primeiras terças-feiras de cada mês

O Codepasbo (Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Cultural de Santa Bárbara d’Oeste) elegeu por unanimidade nesta segunda-feira (1º) sua mesa diretora para o mandato 2021-2022. Foram eleitos André Frota Contreras Faraco (presidente), Rogério Bosco (vice-presidente), Marta Maria Padoveze (1ª secretária) e Kátia Padovesi de Araújo (2ª secretária). O encontro no Teatro Municipal “Manoel Lyra” seguiu as medidas de proteção e segurança previstas pelo Plano São Paulo em atenção à pandemia do Coronavírus (Covid-19).

“O Codepasbo tem papel fundamental na preservação e manutenção da história barbarense, seja através da salvaguarda de patrimônios materiais ou por meio do reconhecimento de manifestações culturais. Nos últimos anos trabalhamos para proteger edificações públicas e privadas que simbolizam a identidade de Santa Bárbara d’Oeste. A reestruturação da Lei, em 2019, aperfeiçoou o processo de tombamento local e garantiu que a normativa se adaptasse aos modelos e necessidades de preservação”, explicou o secretário de Cultura e Turismo e presidente do Conselho no mandato 2017-2020, Evandro Felix.

Entre as principais ações já realizadas pelo Codepasbo estão o levantamento e a salvaguarda dos bens culturais da cidade; o tombamento do Caminho dos Flamboyants, Usina Santa Bárbara, Maquininha da Usina, da Estação Ferroviária, da Fiação e Tecidos Santa Bárbara/Campo Belo, do móvel do VW Fusca 1600, uma das primeiras viaturas da Guarda Municipal; da Igreja Matriz Santa Bárbara, do Museu da Imigração, da Chácara Wolf, do Cineteatro Santa Rosa, do portal de entrada do União Agrícola Barbarense Futebol Clube, do Centro de Memórias “Historiador Antônio Carlos Angolini” e da Escola Estadual “José Gabriel de Oliveira” – este último pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico), subordinado à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

Também está com processo de tombamento: Capela Santo Antônio (Santo Antônio do Sapezeiro), Capela Cemitério do Campo (Cemitério dos Americanos), Capela Nossa Senhora do Carmo (Usina de Cillo), Capela Nossa Senhora dos Milagres (Usina Furlan) e Capela Fazenda Galvão.

Conforme estabelece a lei de criação do Conselho (2.397/1998), a função do Conselho é a de definir a política municipal de defesa do patrimônio cultural, além de realizar estudos para a elaboração e o aperfeiçoamento de recursos institucionais e legais, genéricos ou específicos, para a defesa do patrimônio cultural, histórico, folclórico, artístico, turístico, ambiental, ecológico, arqueológico e arquitetônico de Santa Bárbara. Aos integrantes do Codepasbo compete a realização do tombamento de imóveis particulares e públicos, rurais e urbanos, a partir do que estabelece a lei nacional do patrimônio histórico.

Confira os membros do Conselho para o mandato 2021-2022:

PODER PÚBLICO

  • Secretaria Municipal de Cultura e Turismo: Evandro Felix Carneiro (titular), Kátia R. Padovesi de Araújo (suplente), Natália da Cruz de Novaes (titular) e Gean Carlos da Costa (suplente);
  • Secretaria Municipal de Planejamento: José Carlos Naidilichi (titular) e Thiago Luís Menillo (suplente);
  • Secretaria Municipal dos Negócios Jurídicos e Relações Institucionais: Márcia Regina Petrini Della Piazza (titular) e Graciano Santos Arosti (suplente);
  • Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico: André Alves da Cruz (titular) e Naaliel Rodrigues da Silva (suplente);
  • Câmara Municipal de Santa Bárbara d’Oeste: Oswaldo Bachin Filho (titular) e Esther Galina da Silva Branco de Moraes (suplente);

SOCIEDADE CIVIL

  • Associação de Engenheiros e Arquitetos de Santa Bárbara d’Oeste – AESBO: Vera Lucia G. Silva Casarini (titular) e José Carlos Teixeira (suplente);
  • Ordem dos Advogados do Brasil – OAB: Amanda Monteiro (titular) e Larissa Monteiro (suplente);
  • Centro das Indústrias do Estado de São Paulo – CIESP: Rogério Bosco (titular) e Nivaldo José da Silva (suplente);
  • Associação Comercial e Industrial de Santa Bárbara d’Oeste – ACISB : Antonio Roberto Bonamim (titular) e Cláudio Peressin (suplente);
  • Estabelecimentos de Ensino Superior:

Instituto de Urbanismo e Arquitetura – USP: André Frota Contreras Faraco (titular):

Instituto de Arquitetura e Urbanismo – UNIMEP: Eduardo Salmar Nogueira e Taveira (titular);

  • Entidades Não Governamentais (ONG) que se dediquem a pesquisa e preservação da história do Município:
  • Fundação Romi: Sandra Edilene de Souza Barboza (titular) e Vainer João Penatti (suplente);
  • Fraternidade Descendência Americana -FDA: João Leopoldo Ferreira Padoveze (titular) e Ailson Luis Taver (suplente);
  • Conselho Municipal de Turismo – COMTUR: Neuza Maria dos Santos Souza (titular), Marta Maria Padoveze (titular), Gisele E. F. M. Sarmento (suplente);
  • Associação de Engenheiros e Arquitetos de Santa Bárbara d’Oeste – AESBO: Vera Lucia G. Silva Casarini (titular), José Carlos Teixeira (suplente), José da Cruz Delgado Jr (titular), Paulo Rogério Passos Cham (suplente)

Fonte: A de I/SBO.

%d blogueiros gostam disto: