Mapa da Cultura Barbarense segue aberto e artistas devem se inscrever para participar de ações futuras

O Município já homologou 169 cadastros até o momento.

O Mapa da Cultura Barbarense – cadastro que coleta dados da área cultural de Santa Bárbara d’Oeste – segue aberto para trabalhadores da cultura, coletivos artísticos e empresas culturais. Realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, e Conselho Municipal de Política Cultural, a iniciativa é a porta de entrada para que profissionais de diversas manifestações artísticas possam participar de ações futuras da Administração Municipal. Lançado em julho de 2020 para auxiliar o Conselho na elaboração das Chamadas Públicas da Lei Aldir Blanc, o Município já homologou 169 cadastros até o momento.

A Secretaria prepara a publicação de editais e ações voltadas aos fazedores de cultura no Mapa da Cultura Barbarense. Segundo o secretário de Cultura e Turismo, Evandro Felix, o Município já realizou três homologações, duas em outubro de 2020 e a mais recente em fevereiro de 2021. “Por meio do Mapa conseguimos inventariar os artistas, empresas e coletivos que produzem arte e cultura na cidade, bem como identificar as expressões artísticas existentes. Para estimular novos interessados lançaremos ações voltadas aos homologados, como por exemplo a participação na Casa do Artesão e a promoção de oficinas de capacitação para acesso a editais municipais, estaduais e federais”, explicou o secretário.

O preenchimento segue aberto e deve ser feito no www.santabarbara.sp.gov.br/mapadacultura. O Mapeamento é destinado aos artistas, técnicos(as), agentes culturais, fazedores(as) de cultura, eventos e demais profissionais da cadeia produtiva cultural, de todos os segmentos culturais (teatro, artes visuais, música, cultura popular e urbana, dança, patrimônio histórico, literatura e narrativa oral e outros) residentes na cidade.

O processo de validação dos dados vem sendo coordenado pela Comissão de Análise, Seleção, Acompanhamentos e Fiscalização do Conselho (CASAF) por meio da conferência de documentos que comprovam a residência no Município de Santa Bárbara d’Oeste, clipping com comprovações de atividades ou ainda a visita presencial na sede de Empresas, Entidades, Organizações Sociais e Cooperativas que enviaram seu cadastro no Mapa da Cultura Barbarense.

Em caso de dúvidas, a Secretaria de Cultura e Turismo dispõe de atendimento de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas, pelo e-mail mapadacultura@santabarbara.sp.gov.br.

Fonte: A de I/SBO.

%d blogueiros gostam disto: