Ministro anuncia novo diretor-geral da Polícia Federal

Paulo Maiurino substituirá Rolando de Souza no comando da corporação

O novo ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, anunciou nesta terça-feira (6) a troca na direção-geral da Polícia Federal. O indicado é o delegado Paulo Maiurino, que substituirá Rolando de Souza. Souza estava no cargo desde maio do ano passado. Maiurino será o quarto diretor-geral da PF desde o início do governo Jair Bolsonaro. 

“Agradeço ao dr. Rolando Souza pelo período em que esteve à frente da direção-geral da Polícia Federal. Iniciamos hoje o processo de transição do cargo para o dr. Paulo Maiurino, a quem desejo felicidades nessa importante função no Ministério da Justiça”, escreveu Torres em uma postagem nas redes sociais. 

O novo diretor-geral da PF foi secretário de segurança do Supremo Tribunal Federal (STF) e secretário de Esporte, Lazer e Juventude na gestão de Geraldo Alckmin no governo de São Paulo. Paulo Maiurino também integrou o Conselho de Segurança Pública do Estado Rio de Janeiro e se formou em um curso de investigação do FBI, a polícia federal dos Estados Unidos, em 2010.

Polícia Rodoviária Federal

Anderson Torres também anunciou a troca no comando da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O cargo de diretor-geral será ocupado pelo inspetor Silvanei Vasques, que era superintendente da PRF no Rio de Janeiro. Ele entrará no lugar de Eduardo Aggio, que estava à frente da corporação desde maio de 2020. 

“Agradeço ao inspetor Eduardo Aggio pelo período em que esteve à frente da direção-geral da PRF. Iniciamos hoje o processo de transição do cargo para o inspetor Silvinei Vasques, a quem desejo sucesso no Ministério da Justiça”, postou o ministro. 

Silvanei Vasques atuou como superintendente da PF em Santa Catarina, seu estado de origem e foi coordenador-geral de operações da PRF. Em 2007, foi secretário municipal de Segurança e Defesa Social de São José (SC). Foi também conselheiro titular do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), entre 2015 e 2016, representando o Ministério da Justiça.

Fonte: Agência Brasil.

%d blogueiros gostam disto: