UBS em Cristalina apresenta modelo de telessaúde a ministérios da Saúde e Defesa

Ministro Queiroga visitou unidade de Estratégia Saúde da Família Marajó, acompanhado do comandante do exército

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o comandante do Exército, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, visitaram a Unidade de Estratégia Família (ESF) Marajó, em Cristalina (GO), e conheceram o modelo de telessaúde aplicado no local, que tem potencial para ser replicado em todo o Brasil.

A iniciativa faz parte de um esforço que inclui os ministérios da Saúde, Defesa, Comunicações, Cidadania, Educação, Economia, Ciência e Tecnologia e Minas e Energia. Para receber o programa, é necessário que a unidade cumpra alguns requisitos que consideram a vulnerabilidade social de sua população e o baixo índice de desenvolvimento humano (IDH).

“O governo é um só e tem que trabalhar de forma integrada, observando a representatividade tripartite do SUS, da qual participam o governo federal, os estados e os municípios, e é aqui, na unidade básica, que o usuário tem a porta de entrada. Então, precisamos investir mais na atenção primária para que o paciente não precise recorrer à atenção especializada”, disse Queiroga.

Representantes da Saúde e da Defesa viram de perto o atendimento remoto em várias especialidades, como dermatologia e oftalmologia. Queiroga fez um exame de vistas de forma remota – por meio de um capacete com lentes controladas à distância, um oftalmologista em Goiânia conduziu o exame e, no fim da consulta, já foi possível emitir a prescrição.

Fonte: Ministério da Saúde.

%d blogueiros gostam disto: