23 de maio de 2024 12:39
Nasa captura imagem impressionante de nova explosão solar neste domingo

O Serviço Meteorológico Nacional dos Estados Unidos emitiu um alerta de tempestade geomagnética severa, em consequência de uma série de erupções solares, situação que ocorre pela primeira vez em duas décadas.

Por meio de um comunicado, o Centro de Previsão do Clima Espacial (SWPC) do Escritório Nacional de Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA), uma divisão do Serviço Meteorológico Nacional, alertou para esta situação particular, sobre a qual mais detalhes serão oferecidos nas próximas horas.

As tempestades geomagnéticas, segundo explica o comunicado, podem impactar a infraestrutura orbital da Terra e a superfície da Terra, com potencial para interferir nas comunicações, na rede de energia elétrica, na navegação e nas operações de rádio e satélite.

A série de erupções começou no último dia 8 de maio e as condições para a persistência da tempestade podem durar todo o final de semana.

– Uma grande mancha solar produziu erupções de moderadas a muito fortes desde quarta-feira. Pelo menos cinco dessas erupções estiveram associadas a ejeções de massa da coroa solar que parecem direcionadas para a Terra – afirmou a agência.

Esses materiais ejetados são explosões de plasma e campos magnéticos na coroa solar que causam tempestades geomagnéticas quando ocorrem em direção à Terra, explicou a NOAA.

A grande mancha solar lançou uma sequência surpreendente de cinco ejeções de massa solar em direção à Terra, segundo a plataforma Spacewather.com, que estima que, se fosse um furacão, seria de categoria 4.

Nasa captura imagem impressionante de nova explosão solar neste domingo

Neste domingo (12), às 13h26, o Sol liberou uma poderosa explosão solar. A imagem do evento foi capturada pelo Observatório Solar da Nasa, uma sonda não-tripulada que investiga fenômenos estelares com impactos diretos na vida terrestre.

A foto revela um segmento de luz ultravioleta extrema, ressaltando o material superaquecido das explosões, tingido de verde-azulado. O fenômeno é evidenciado pelo lampejo luminoso no canto inferior direito da imagem.

Segundo informações da CNN Brasil, a explosão solar recebeu a classificação X10, onde o “X” representa as explosões mais potentes e o número indica sua intensidade. Dependendo de como atingem a Terra, essas tempestades solares podem causar interrupções nas comunicações, fornecimento de energia elétrica, navegação e operações de rádio e satélite.

Nos últimos dias, o Observatório Solar da Nasa documentou várias explosões solares. Como resultado dessas explosões, ocorreram auroras boreais e austrais nos dois polos do planeta.

Fonte: Pleno News/EFE

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading