8 de julho de 2024 19:32
Uma vergonha, o secretário-geral da ONU, António Guterres, responsável pela elaboração da lista, teve a cara de pau de alegar falta de "evidências".

Uma vergonha, o secretário-geral da ONU, o socialista português António Guterres, responsável pela elaboração da lista, teve a cara de pau de alegar falta de “evidências”.

A recusa da Organização das Nações Unidas (ONU) em incluir o grupo terrorista Hamas em seu relatório sobre violência sexual provocou debates acalorados. O secretário-geral da ONU, o socialista português António Guterres, responsável pela elaboração da lista, teve a cara de pau de alegar falta de “evidências” para incluir o grupo terrorista Hamas na lista referente à violência sexual.

Em resposta, o ministro de Assuntos Exteriores de Israel, Israel Katz, criticou veementemente a decisão do secretário-geral, caracterizando-a como um “fracasso” tanto da organização quanto de suas instituições. Segundo Katz, “Guterres transformou a ONU em uma instituição extremamente antissemita e anti-Israel durante seu mandato”. O ministro expressou sua indignação ao declarar que “isso será lembrado como o ponto mais sombrio na história da organização”.

Katz ainda fez uma analogia, sugerindo que, se a ONU tivesse existido durante o Holocausto e os crimes dos nazistas fossem objeto de debate, Antonio Guterres negaria sua existência para servir a seus interesses políticos.

As informações sobre o ataque do Hamas contra Israel de 7 de outubro de 2023 foram baseadas em um relatório elaborado por Pramila Patten, representante especial da ONU para violência sexual em conflitos. O relatório de Patten indicou “fundamentos razoáveis” de que ocorreu violência sexual durante o ataque terrorista do Hamas.

Além disso, a organização recebeu informações sobre a ocorrência de violência sexual contra reféns em Gaza. No entanto, o socialista Antonio Guterres ressaltou que a investigação conduzida por Patten foi considerada “limitada” na sua visão.

Fonte: Revista Exílio.

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading