9 de julho de 2024 01:41
A identificação de componentes prejudiciais em alimentos é uma chamada de atenção para a indústria e os consumidores.

A identificação de componentes prejudiciais em alimentos é uma chamada de atenção para a indústria e os consumidores.

Recentemente, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) detectou um componente perigoso em uma marca de macarrão, levando à sua retirada imediata do mercado.

Segundo informações da Folha Financeira, a ação da Anvisa foi uma resposta a uma investigação que descobriu a existência de um componente letal na produção dos produtos mencionados. Isso resultou na remoção de três marcas conhecidas, incluindo sal, macarrão e azeite, das prateleiras dos supermercados.

Um exemplo notável é o do renomado Sal Rosa do Himalaia Iodado Moído, da marca Kinino, fabricado pela H.L. do Brasil Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios LTDA. A Anvisa publicou a Resolução-RE Nº 1.427, de 12 de abril de 2024, pedindo a suspensão imediata do lote 1037 L A6 232 deste produto.

Não é a primeira vez que uma marca famosa de macarrão é suspensa. Em 2022, a marca Keishi, produzida pela BBBR Indústria e Comércio de Macarrão, enfrentou um problema similar, com a contaminação de propilenoglicol por etilenoglicol.

As autoridades, incluindo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), fizeram um recall dos produtos da marca Keishi após a detecção do componente contaminado. O uso de propilenoglicol adulterado na produção desses produtos gerou sérias preocupações, principalmente após relatos de que o componente contaminado pode ter levado à morte de pelo menos 40 animais que consumiram os petiscos produzidos pela empresa.

Além da suspensão imediata da venda e distribuição, a Anvisa também exigiu que a empresa responsável pelo macarrão emitisse um aviso aos consumidores sobre o risco associado aos produtos contaminados.

Fonte: Terra Brasil Notícias.

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading