15 de abril de 2024 22:39
O deputado federal Paulo Bilynskyj (PL-SP) apresentou uma denúncia criminal contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) devido a um comentário feito por este sobre uma mulher negra durante sua visita à fábrica da Volkswagen na última sexta-feira, 2 de fevereiro.

O deputado federal Paulo Bilynskyj (PL-SP) apresentou uma denúncia criminal contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) devido a um comentário feito por este sobre uma mulher negra durante sua visita à fábrica da Volkswagen na última sexta-feira, 2 de fevereiro.

Ao apresentar a estudante Luiza Eduarda Leôncio, uma jovem negra que estava sentada entre as autoridades presentes na visita, Lula disse ter achado que ela era uma cantora, namorada de alguém ou percussionista, “porque uma afrodescendente assim gosta de um batuque, de um tambor”.

Segundo o Bilynskyj, o presidente praticou o crime de Discriminação Racial “ao associar automaticamente uma mulher negra com tranças a atividades específicas, como ser cantora ou estar envolvida com batuques, ele parece ceder a generalizações prejudiciais.”

Ele também disse que a abordagem “pode ser interpretada como contraproducente e não condizente com os princípios estabelecidos nas convenções internacionais ratificadas pelo Brasil”. A denúncia foi apresentada à PGR (Procuradoria Geral da República).

De acordo com o site Poder360, a Secom (Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República) disse que a fala de Lula foi uma “exemplificação do que são os estereótipos para criticar sua perpetuação”, já que a jovem não estava no palco pelos motivos inicialmente ventilados pelo presidente.

RELEMBRE O CASO

No dia 2 de fevereiro, durante sua presença em um evento de divulgação de investimentos na fábrica da Volkswagen em São Paulo, Lula dirigiu-se a uma mulher que se encontrava entre as autoridades presentes

“Essa menina bonita que está aqui… Eu estava perguntando: ‘O que é que faz essa moça sentada? O que é que faz essa moça sentada que eu não ouvi ninguém falar o nome dela?’. Eu falei: ‘Ela é cantora. Ela vai cantar’. Aí perguntei: ‘Não, não vai ter música. Então ela vai batucar alguma coisa? Porque uma afrodescendente assim gosta de um batuque, de um tambor’. Também não é”, disse Lula, ao segurar as mãos da mulher.

E continuou: “Eu falei: ‘Nossa, então ela é namorada de alguém’. Também não é. O que é que é essa moça? Essa moça foi premiada o ano que vem como a mais importante aprendiz desta empresa e ganhou um prêmio na Alemanha”.

Fonte: Com informações de Poder 360

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading