23 de abril de 2024 05:15
Em suas redes sociais, Israel Katz, Ministro de Relações Exteriores de Israel, volta a pressionar Lula por pedido de desculpas ao povo judeu e ao estado de Israel depois de falas racistas.

Em suas redes sociais, Israel Katz, Ministro de Relações Exteriores de Israel, volta a pressionar Lula por pedido de desculpas ao povo judeu e ao estado de Israel depois de falas racistas.

Em recente publicação em suas redes sócias na manhã de hoje (28/02), o Ministro de Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, volta exigir um pedido de desculpas depois de falas racistas e antissemitas do atual presidente, empossado pelo TSE nas eleições de 2022, Lula da Silva.

A publicação diz:

”O Presidente Lula em uma entrevista para o @_ENoticia, ficou evasivo e disse: “Não falei Holocausto”

@LulaOficial, você disse que a guerra justa de Israel contra o Hamas em Gaza é igual ao que Hitler e os nazistas fizeram com os judeus, e ofendeu a memória de 6 milhões de judeus assassinados no Holocausto. Não vamos esquecer, nem perdoar. Envergonhe-se e peça desculpas!”

Na imagem que faz referência à Lula, publicada pelo próprio ministro israelense em seu perfil na rede social X (antigo Twitter), o atual chefe do executivo brasileiro, eleito pelo TSE, segura um cartaz escrito, que traduzido para o português, diz: “eu não disse Holocausto”. A imagem nitidamente apresenta Lula em um estado de embriaguez permanente. Nada estranho aos olhos do povo brasileiro.

Fonte: Revista Exílio – Terça Livre.

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading