23 de abril de 2024 04:49
"Muitos brasileiros que protestaram em janeiro passado permanecem detidos sem acusações formais ou julgamentos. É uma farsa", perfil de Elon Musk na rede social X, antigo Twitter.

“Muitos brasileiros que protestaram em janeiro passado permanecem detidos sem acusações formais ou julgamentos. É uma farsa”, perfil de Elon Musk na rede social X, antigo Twitter.

O empresário bilionário Elon Musk, fundador da Tesla e proprietário do X (antigo Twitter), expressou críticas à sentença de 17 anos de prisão imposta pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ao motoboy Wellington Luiz Firmino, por seu envolvimento na manifestação ocorrida em 8 de janeiro. Firmino escalou 28 andares e permaneceu isolado no topo de uma das torres do Congresso Nacional por mais de uma hora.

“Muito pelo contrário, se algo estiver faltando aqui, a punição parece desproporcional ao crime”, comentou Musk em resposta a uma postagem feita na plataforma X sobre o caso.

“Um fotógrafo brasileiro e simpatizante de Bolsonaro, Wellington Luiz Firmino, foi sentenciado a 17 anos de prisão por subir ao topo de um prédio governamental para registrar o maciço protesto pró-Bolsonaro em 8 de janeiro de 2023. Sem antecedentes criminais, Firmino não merece tal pena. O Tribunal está enviando uma mensagem a qualquer um que ouse protestar contra o establishment esquerdista vigente”, destaca a postagem original.

Após o pronunciamento de Musk, o perfil reiterou: “Muitos brasileiros que protestaram em janeiro passado permanecem detidos sem acusações formais ou julgamentos. É uma farsa”.

Em entrevista ao jornal Gazeta do Povo, no dia 11/02, Firmino relatou ter ingressado no prédio do Congresso Nacional, que estava com suas portas abertas, e buscou refúgio na escada de incêndio quando policiais do batalhão de choque começaram a lançar bombas contra manifestantes pacíficos. Ele foi detido ao tentar retornar. Do alto do edifício, Firmino registrou imagens da manifestação.

O ministro do STF e relator dos processos referentes ao 8 de janeiro, Alexandre de Moraes, solicitou a condenação de Firmino por “atentado contra o Estado democrático, tentativa de golpe de estado, vandalismo qualificado, associação criminosa e danos ao patrimônio histórico”.

Fonte: Revista Exilio.

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading