16 de junho de 2024 02:57
Nesta terça-feira (02), a Associação Comercial e Industrial de Limeira (ACIL) sediou uma reunião crucial para abordar questões de segurança na região central e demais corredores comerciais da cidade.

Nesta terça-feira (02), a Associação Comercial e Industrial de Limeira (ACIL) sediou uma reunião crucial para abordar questões de segurança na região central e demais corredores comerciais da cidade. O encontro contou com a participação da Prefeitura Municipal, Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Militar (PM) e Polícia Civil, juntamente com membros da ACIL e comerciantes locais.

A reunião foi convocada em resposta às preocupações dos associados da ACIL sobre a sensação de insegurança que afeta negativamente os comerciantes dessas regiões. Sob a liderança do presidente da ACIL, Dr. Valmir Martins, os presentes explicaram as ações que já estão em curso e discutiram estratégias para fortalecer a segurança pública, protegendo os interesses comerciais da comunidade.

Entre os participantes presentes estavam a vice-prefeita Érika Tank o Secretário de Segurança Pública, Wagner Marchi, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Limeira (Sicomércio), Martin Medeiros, o capitão Herlon de Paula da Polícia Militar, o comandante da Guarda Civil Municipal, André Hailer, e o delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e titular da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de Limeira, Dr. Leonardo Burger.

“Esta reunião promovida pela ACIL é de extrema importância para que as pessoas encontrem soluções e soluções das verdadeiras demandas que os comerciantes e os comerciantes possuem e para tentar amenizar o impacto negativo trazido pela criminalidade ou pelo cenário social que as pessoas têm”, afirmou o Secretário de Segurança Pública, Wagner Marchi.

Durante o encontro, foram apresentados relatórios detalhados das ações já em andamento pelas autoridades de segurança, incluindo dados sobre abordagens às pessoas em situação de rua, esforços para combater o uso de drogas em áreas específicas e estatísticas de criminalidade na região central.

“Percebemos um movimento pretendido pelos associados e isso é necessário para que a segurança pública tenha força no combate ao crime e à violência”, destacou o capitão Herlon de Paula da Polícia Militar. “Precisamos fortalecer ainda mais os grupos de ambiente solidário. Relatos durante uma reunião mostraram que esses grupos funcionam muito bem, com a presença e atuação rápida da PM. Isso é um feedback muito bom e sempre nos colocamos à disposição para ações planejadas mais contundentes na região central.”

O presidente da ACIL, Dr. Valmir Martins, enfatizou o papel da associação como um intermediário entre os comerciantes e o poder público. “A ACIL tem como uma das suas principais funções ser um representante das demandas dos nossos associados junto ao poder público”, declarou. “A reunião foi extremamente satisfatória em termos de fornecimento de informações, mas do que isso, a gente sai com algumas lições de casa. Uma das propostas é promover a integração dos sistemas de câmeras de vigilância do comércio com o sistema Integra da Polícia Militar. Estamos empenhados em desenvolver uma cartilha destinada aos associados, orientando-os sobre como disponibilizar suas câmeras de forma gratuita, com o intuito de agilizar a troca de informações e proporcionar maior eficiência no atendimento às ocorrências.”

Ainda de acordo com o presidente da ACIL, a reunião foi altamente produtiva. Ele ressaltou a importância de continuar monitorando o progresso das discussões realizadas, propondo inclusive a realização de um novo encontro dentro de alguns meses para verificar a efetivação das medidas discutidas. Além disso, destacou a relevância da participação ativa dos associados em futuras reuniões sobre o tema.

Fonte: ACIL/Limeira.

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading