16 de junho de 2024 02:23
O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), figura entre os possíveis candidatos da direita para a disputa presidencial de 2026.

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), figura entre os possíveis candidatos da direita para a disputa presidencial de 2026. Recentemente, tem desempenhado um papel de mediador nos conflitos entre aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e o Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com informações obtidas pelo jornal O Globo, Tarcísio elogiou o ministro Alexandre de Moraes, do STF, chamando-o de “inteligente, corajoso e obstinado”. O governador afirmou que “não se briga com Moraes; a gente se une a ele”.

Sua atuação como mediador foi evidenciada antes de um ato pró-Bolsonaro na Avenida Paulista, realizado em 25 de fevereiro. Tarcísio assegurou ao presidente do STF, Roberto Barroso, e aos ministros Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes que a manifestação estava “sob controle” e que não haveria ataques ao Supremo.

O governador, que hospedou Bolsonaro no Palácio dos Bandeirantes durante o evento, interveio para garantir que o ex-presidente não fosse exposto a situações mais radicais. Após o ato, que reuniu mais de 100 mil pessoas em São Paulo, Tarcísio procurou Moraes para verificar a repercussão e obteve feedback positivo sobre sua intervenção.

Além disso, Tarcísio trabalhou para evitar a cassação do mandato do senador Jorge Seif (PL-SC), ex-secretário da Agricultura e da Pesca de Bolsonaro. O governador intermediou um encontro entre Seif e Moraes, visando acalmar as tensões entre o parlamentar e o Judiciário.

Ainda de acordo com o veículo, a atuação de Tarcísio como mediador também incluiu uma conversa com o deputado Nikolas Ferreira (PL-MG), alertando-o sobre o tom de suas críticas e incentivando-o a evitar radicalismos.

Uma pesquisa realizada com o público presente no ato no Rio de Janeiro em apoio a Bolsonaro indicou que Tarcísio é o nome preferido para concorrer ao Executivo em 2026, considerando a inelegibilidade do ex-presidente. No entanto, Bolsonaro mantém o discurso de que poderá recuperar sua elegibilidade, apesar das avaliações contrárias por parte do Judiciário.

Fonte: Gazeta Brasil

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading