23 de maio de 2024 12:46
O Guaíba, que atravessa a capital gaúcha, Porto Alegre, afeta também os municípios da Região Metropolitana, que têm sido duramente atingidos pelas enchentes.

O Guaíba, que atravessa a capital gaúcha, Porto Alegre, afeta também os municípios da Região Metropolitana, que têm sido duramente atingidos pelas enchentes.

As águas do rio Guaíba, no Rio Grande do Sul, atingiram níveis recordes de inundação desde o início das chuvas na região, apresentando, pela primeira vez, uma tendência de queda constante em seu nível de cheia.

Segundo informações da Prefeitura de Porto Alegre, às 6h da manhã desta quarta-feira (08/05), o Guaíba alcançou a marca de 5,12 metros, uma redução de 15 centímetros em relação aos 5,27 metros registrados no mesmo horário de ontem, terça-feira (07/05).

O rio atingiu sua cota máxima no início deste mês, durante as intensas chuvas que afetaram o estado, e segundo o Serviço Geológico do Brasil (SGB), deve permanecer acima da marca de inundação, que é de 3 metros, até a próxima semana.

O rio Guaíba, que atravessa a capital gaúcha, Porto Alegre, afeta também os municípios da Região Metropolitana, que têm sido duramente atingidos pelas tempestades.

Desde o início das fortes chuvas, na segunda-feira (29/04), o nível do Guaíba subiu mais de três metros e, no sábado (05/05), atingiu sua maior altura histórica, alcançando 5,33 metros, 58 centímetros acima do recorde anterior, registrado em 1941.

Situação no estado

O Governo do Rio Grande do Sul informou nesta quarta-feira (08/05) de manhã que o número de mortes registradas devido às fortes chuvas que atingem o estado até o momento chegou agora a 95. As autoridades de segurança continuam buscando mais de 128 pessoas que estão desaparecidas.

De acordo com a Defesa Civil do RS, 414 municípios foram afetados pelas chuvas, afetando mais de 1,4 milhões de pessoas.

Fonte: Revista Exilio.

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading