3 de dezembro de 2023 11:59
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou uma nova lei que proíbe mudanças de gênero no país tanto em termos médicos quanto legais, em um novo avanço contra a agenda defendida pela comunidade LGBTQIA+.

Legislação impede qualquer procedimento médico destinado a trocas de gênero no país.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou uma nova lei que proíbe mudanças de gênero no país tanto em termos médicos quanto legais, em um novo avanço contra a agenda defendida pela comunidade LGBTQIA+.

A medida foi aprovada por unanimidade pelo Parlamento russo e proíbe qualquer intervenção médica destinada a alterar o sexo de uma pessoa, além de vetar a mudança de gênero em documentos oficiais e registros públicos. A única exceção é permitida em casos de intervenção médica para tratar anomalias congênitas.

Além disso, a nova lei russa anula casamentos em que uma pessoa tenha mudado de gênero e também impede que pessoas transgênero possam adotar crianças. O governo justificou essa decisão como uma forma de proteger os “valores tradicionais da Rússia”, enquanto os legisladores argumentaram que a medida visa preservar o país da “ideologia antifamília universal”.

Vale ressaltar que a Rússia já vem adotando esse tipo de postura há cerca de pelo menos uma década, com o apoio da Igreja Ortodoxa. Em 2020, Putin aprovou uma reforma que proíbe o casamento entre pessoas do mesmo sexo, e no ano passado, foi sancionada uma lei que proíbe a “propaganda de relações sexuais não tradicionais” entre adultos. Essas ações fazem parte de uma campanha governamental mais ampla contra a agenda LGBTQIA+ no país.

Fonte: Conexão Política.

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: