20 de abril de 2024 10:59

O jogador Mayke, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Deportivo Pereira, durante partida válida pelas quartas de final, ida, da Copa Libertadores, no Estádio Hernán Ramírez Villegas. (Foto: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon)

O Palmeiras goleou o Deportivo Pereira-COL por 4 a 0, nesta quarta-feira (23), na Colômbia, pela CONMEBOL Libertadores, e alcançou sete jogos de invencibilidade contra times colombianos

O Palmeiras goleou o Deportivo Pereira-COL por 4 a 0, nesta quarta-feira (23), na Colômbia, pela CONMEBOL Libertadores, e alcançou sete jogos de invencibilidade contra times colombianos – o Verdão tem retrospecto geral de 26 jogos, 18 vitórias, cinco empates e três derrotas, com 53 gols marcados e 23 sofridos. Em Libertadores, são 11 partidas, nove vitórias, um empate e apenas uma derrota, com 28 gols marcados e nove sofridos.

O Deportivo Pereira foi o 10º adversário colombiano que o Palmeiras enfrentou na história. Desde a excursão ao país vizinho em 1960, Atlético Nacional de Medellín, América de Cali, Deportivo Cali, Independiente Medellín, Independiente Santa Fé, Once Caldas, Millonarios e Atlético Junior de Barranquilla, além da própria Seleção da Colômbia, também já haviam cruzado o caminho alviverde.

Além disso, o Alviverde completou 300 jogos contra adversários estrangeiros como visitante em toda a história (o retrospecto atual é de 167 vitórias, 65 empates e 68 derrotas). Contra estrangeiros como visitante pela Libertadores, o Verdão ultrapassou a marca de 150 gols marcados (tem 153 em 87 partidas).

Nos últimos 28 jogos fora de casa na Libertadores (26 como visitante e duas finais em campo neutro), o Palmeiras perdeu apenas dois (um em 2022 e um em 2023), somando 20 vitórias e seis empates.

MARCAS INDIVIDUAIS

> A comissão técnica portuguesa tem 41 partidas de Libertadores pelo Palmeiras e ultrapassou a marca de 100 gols marcados na competição. Desde a estreia, nas oitavas de final de 2020, Abel e seus auxiliares somam 29 vitórias, oito empates, quatro derrotas, 103 gols marcados (média de 2,5 por jogo) e 28 gols sofridos (média de 0,68).

> Weverton voltou à liderança do ranking de jogadores com mais vitórias na história da Libertadores. Atualmente, soma 53 (nove pelo Athletico-PR e 44 pelo Palmeiras), ao lado de Fábio, que está disputando a competição pelo Fluminense, e à frente de Rogério Ceni, com 51.

> Marcos Rocha se isolou como 4º jogador com mais triunfos na história da Libertadores. Atualmente, soma 50 (27 pelo Palmeiras e 23 pelo Atlético-MG), atrás apenas de Rogério Ceni, com 51, e Weverton e Fábio, com 53.

Gustavo Gómez passou a ocupar a 47ª colocação do ranking de atletas com mais partidas pelo Palmeiras na história e a 9ª entre os zagueiros (263 jogos, ao lado do ex-zagueiro Márcio Alcântara).

> Raphael Veiga completou 250 partidas pelo Palmeiras. É o sexto do elenco a atingir a marca, atrás de Dudu (442), Weverton (315), Gustavo Gómez (263), Marcos Rocha (262) e Zé Rafael (256). Também se isolou na 27ª colocação do ranking de maiores artilheiros do Palmeiras na história (79 gols).

> Rony empatou com Jairzinho, o ‘Furacão da Copa de 1970’, na 6ª posição do ranking de maiores artilheiros brasileiros na história da Libertadores (21 gols, ao lado de Jairzinho e Célio Taveira). Completam o ranking: Bruno Henrique, do Flamengo (5º, com 22), Fred e Palhinha (3º, com 25), Luizão (2º, com 29) e Gabriel Barbosa, do Flamengo (1º, com 31).

O JOGO

O Palmeiras deu um grande passo rumo a mais uma semifinal da Libertadores. Com um início de jogo arrasador, o Verdão abriu 3 a 0 no placar diante do Deportivo Pereira-COL, na Colômbia, em menos de 35 minutos e tomou conta da partida contra o rival colombiano – os tentos foram marcados por Raphael Veiga, Marcos Rocha e Mayke. A partir daí, o Maior Campeão do Brasil controlou bem o adversário ao longo de todo o duelo e ainda conseguiu balançar a rede mais uma vez com Rony, um dos destaques da equipe no confronto.

Fonte: SE Palmeiras.

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading