21 de maio de 2024 06:39
Uma onda de calor excepcional atingirá grande parte do Brasil nos próximos dias com temperaturas que devem quebrar recordes para o mês de setembro e, talvez, em números absolutos, é o que adverte a MetSul Meteorologia.

Temperaturas devem bater recordes e chegar a 45º

Uma onda de calor excepcional atingirá grande parte do Brasil nos próximos dias com temperaturas que devem quebrar recordes para o mês de setembro e, talvez, em números absolutos, é o que adverte a MetSul Meteorologia.

Esta semana já começa com muito calor no Centro-Oeste e no Sudeste, mas a partir da segunda metade da semana, uma massa de ar se reforça ainda mais com temperaturas excepcionalmente elevadas. O calor excessivo expõe a saúde ao perigo, requerendo a atenção das autoridades.

A massa de ar quente vai produzir temperaturas acima de 40º em estados como o Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal, Rondônia, Amazonas, Pará, Tocantins, Bahia, Piauí e Maranhão.

Mas a situação térmica deve ser pior no Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul, onde a temperatura deve atingir marcas extremas entre 43º a 45º.

RECORDES PODEM SER DERRUBADOS

A maior temperatura registrada oficialmente até hoje no Brasil foi de exatos 44,8º em Nova Maringá, Mato Grosso, nos dias 4 e 5 de novembro de 2020.

Neste evento climático que se aproxima, recordes mensais e até absolutos podem cair em razão do calor extremo.

Fonte: MetSul Meteorologia.

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading