16 de junho de 2024 03:34
A Globo se entregou à China. A TV brasileira irá transmitir toda a propaganda comunista produzida pelo China Media Group

“Em troca, mais empresas chinesas irão patrocinar a emissora brasileira. Aquilo que você vê na Globo, é a China que manda.” informou o jornalista Rafael Fontana ao jornal Epoch Times Brasil.

Na última terça-feira, 28 de maio, um vídeo reacendeu o debate sobre a propaganda comunista chinesa no Brasil. O jornalista Rafael Fontana publicou em seu perfil na rede social X um vídeo da mídia chinesa CGTN, que anunciava um “memorando de cooperação” entre o Grupo Globo e o China Media Group (CMG), também conhecido como Voz da China, a empresa estatal de mídia do PCCh.

“A Globo se entregou à China. A TV brasileira irá transmitir toda a propaganda comunista produzida pelo China Media Group, onde eu trabalhava em Pequim. Em troca, mais empresas chinesas irão patrocinar a emissora brasileira. Aquilo que você vê na Globo, é a China que manda.”, disse Rafael Fontana.

De acordo com o Epoch Times Brasil, a China investe entre US$7 e US$10 bilhões (R$36 a R$52 bilhões) em propaganda internacional. No entanto, essas propagandas nunca são explicitamente identificadas como “patrocinadas pelo Partido Comunista da China”.

Em novembro de 2019, a CGTN publicou uma declaração de Roberto Marinho Neto, herdeiro da Globo, afirmando que esperava usar as plataformas de mídia do Grupo Globo para expandir a cooperação com o CMG na coprodução de filmes, compartilhamento de conteúdo e uso de novas tecnologias, além de fortalecer intercâmbios entre profissionais de mídia.

“Segundo documentos da justiça americana, a Editora Globo recebeu pelo menos US$109 mil de organizações ligadas ao Partido Comunista Chinês entre 2017 e 2018. Esses são apenas alguns exemplos de como a propaganda do Partido Comunista Chinês opera”, afirmou o Epoch Times Brasil.

Fonte: Revista Exilio.

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading