16 de junho de 2024 02:06
Iniciativa concentra uma série de medidas de apoio à gestão de resíduos sólidos e ao saneamento básico nos municípios

Iniciativa concentra uma série de medidas de apoio à gestão de resíduos sólidos e ao saneamento básico nos municípios

No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta quarta-feira (05/06), o Governo do Estado anunciou, em solenidade realizada no Parque Villa Lobos, na capital, um pacote de medidas socioambientais que incluem o lançamento de programas, reforço de medidas de preservação ambiental, novas tecnologias no monitoramento de eventos climáticos extremos e aportes de mais de R$ 330 milhões em ações sustentáveis.

Um dos programas lançados hoje, instituído por meio de decreto, foi o Integra Resíduos, que irá apoiar os municípios para que adotem soluções sustentáveis na gestão de resíduos sólidos e sua destinação adequada, além de fomento à reciclagem de materiais, a economia circular e ao saneamento básico nas comunidades.

A iniciativa é resultado de parceria entre a Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil), Secretaria Parceria em Investimentos, Arsesp, Desenvolve SP, Cetesb e InvestSP, agência de promoção de investimentos vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado.

“O objetivo do Integra Resíduos é focar na destinação e valorização dos resíduos, auxiliando os municípios, especialmente os menores, no desenvolvimento de estudos de viabilidade técnica, econômico-financeira e ambiental, arcabouço jurídico, estrutura de governança e até mesmo mapeamento de potenciais investidores para a formação de parcerias público-privadas”, explicou a secretária da Semil, Natália Resende.

De acordo com o presidente da InvestSP, Rui Gomes, com a implementação do Programa, “a expectativa é de avançar nas trilhas estratégicas do Governo do Estado, que já preveem a articulação das políticas municipais sobre o tema, além de viabilizar, ainda mais, financiamentos de projetos que garantam o correto descarte e reaproveitamento de resíduos”.

Como próximos passos, o Programa será apresentado aos municípios paulistas para que conheçam e façam a respectiva adesão, assim, será possível realizar estudos de viabilidade técnica, jurídica e econômica sobre a atual situação de cada localidade, o que irá gerar soluções e propostas regionais, com o envolvimento da sociedade.

Fonte: Francisco Tiago da Rosa/InvestSP

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading