15 de abril de 2024 12:40
Israel confirmou autoria dos ataques aéreos, os quais foram realizados em resposta aos ataques anteriores executados pelo grupo terrorista Hezbollah na fronteira entre Líbano e Israel.

Israel confirmou autoria dos ataques aéreos, os quais foram realizados em resposta aos ataques anteriores executados pelo grupo terrorista Hezbollah na fronteira entre Líbano e Israel.

Três terroristas do Hezbollah foram eliminados ontem, terça-feira (26/03), depois de ataques aéreos de Israel no Líbano. Os ataques foram realizados próximo de duas cidades no nordeste do Líbano, conforme informou agência locais. A confirmação das mortes dos três terroristas veio através de mensagens no aplicativo Telegram, atribuídas ao próprio grupo terrorista Hezbollah no Líbano.

De acordo com relatos dos jornais, Israel admitiu a autoria dos ataques, os quais foram realizados em resposta aos ataques anteriores executados pelo grupo terrorista Hezbollah na fronteira entre Líbano e Israel. Os alvos dos ataques israelenses foram as cidades de Ras Baalbek e Hermel, onde se encontram instalações de células terroristas ligados ao Hezbollah.

A escalada de tensões entre Israel e o o grupo terrorista Hezbollah tem sido evidenciada desde os recentes ataques terroristas perpetrados pelo Hamas contra o território israelense, resultando em um significativo número de vítimas civis.

Relatos indicam que alertas de foguetes lançados pelo grupo terrorista Hezbollah no Líbano entraram no espaço aéreo israelense. Logo depois, seguiram alertas em toda a região norte de Israel na noite dessa última terça-feira (26/03).

Essa recente ação de defesa coincide com a ofensiva de Israel na Faixa de Gaza, que tem como objetivo resgatar reféns capturados nos atentados e ataques terroristas em outubro do ano passado em território israelense e tenta desmantelar as operações do grupo terrorista palestino Hamas na região.

Fonte: Revista Exílio.

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading