15 de abril de 2024 12:34
A agência de publicidade Mynd, que até o mês de janeiro do ano passado tinha em sua base de clientes o perfil Choquei, recebeu R$ 1,1 milhão do governo federal nos últimos nove anos.

A agência de publicidade Mynd, que até o mês de janeiro do ano passado tinha em sua base de clientes o perfil Choquei, recebeu R$ 1,1 milhão do governo federal nos últimos nove anos. Os dados estão disponíveis no Portal da Transparência do governo e apontam que os ganhos foram maiores durante os governos de Michel Temer (MDB) e Dilma Rousseff (PT).

O volume exato de recursos pagos pelo governo federal para a Mynd foi de R$ 1.109.023,31 entre os anos de 2014 e 2023. Durante o governo Temer, o repasse para a empresa foi de R$ 577,5 mil, enquanto que na gestão de Dilma o valor foi de R$ 478,7 mil. Juntas, as duas administrações representaram 95,2% da quantia recebida pela agência ao longo dos últimos nove anos.

Ao longo da gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), entre 2019 e 2022, o valor repassado para a Mynd caiu para apenas R$ 49,6 mil, o que representa menos de 5% dos mais de R$ 1 milhão recebidos pela empresa. Já neste ano, o primeiro do governo Lula 3, a empresa recebeu apenas R$ 2,8 mil da administração federal.

O nome da Mynd viralizou nas redes sociais nos últimos dias em decorrência da ligação da agência com a página Choquei, que foi amplamente criticada por publicar uma notícia falsa envolvendo o humorista Whindersson Nunes e a jovem Jéssica Vitória Canedo. Em razão da repercussão do caso, a jovem acabou tirando a própria vida no último dia 22 de dezembro.

Fonte: pleno.news

About Author

Queremos ouvir você, deixe seu comentário, será um prazer respondê-lo.

Descubra mais sobre

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading